TURISMO

A primavera em Bariloche combina com natureza, sol e aventura

A primavera em Bariloche combina com natureza, sol e aventura. Bariloche é a combinação ideal de aventura, natureza, descanso, neve e sol da primavera, em

A primavera em Bariloche combina com natureza, sol e aventura

A primavera em Bariloche combina com natureza, sol e aventura. Bariloche é a combinação ideal de aventura, natureza, descanso, neve e sol da primavera, em um paraíso cheio de experiências.

Uma viagem única, cheia de lugares que convidam a descobrir, explorar e retornar sempre.

Não deixe de sentir a imensidão perfumada que a cidade oferece pela intensidade de suas cores sob o sol que começa a dissipar as geadas do inverno.

Bariloche, a cada estação é uma cidade diferente, cheia de encantos e sabores.

Descansar, não é se cansar de fazer as coisas. Bariloche é uma cidade ideal para explorar suas ruas, pois tem lugares para desfrutar nas proximidades e ao ar livre durante todo o ano.

Três passeios que o levarão aonde a cidade perde seu nome e paisagens autênticas começam com um roteiro especial:

  • Centro Cívico
  • Colonia Suiza
  • Puerto Pañuelo

Além disso, oferece passeios e diversidades diferentes para que você aproveite cada momento na estação mais famosa da Patagônia.

CONFIRA AS DICAS IMPERDÍVEIS QUE A CIDADE TEM PARA OFERECER:

– AVENTURA –

As atividades de aventura em Bariloche são projetadas para apreciar a natureza, tendo o viajante como protagonista.

Andar a cavalo nas estepes ou na floresta, caiaque, canoagem são opções mais tranquilas para ver as paisagens de outro lugar. 

Se o objetivo é viver emoções mais intensas, a proposta para o turista pode ser voar entre as copas das árvores, canoagem ou tirolesa, ou fazer rafting no rio Manso e levantar rafting no rio Limay.

Estas são algumas das muitas opções que os amantes da natureza podem escolher durante a viagem.

– CERVEJARIAS –

A cidade é especialista em cerveja artesanal, um dos principais produtos gastronômicos e turísticos de Bariloche.

Com cervejarias premiadas e reconhecidas internacionalmente é um item que já possui seu próprio distrito, sua própria rota e uma grande variedade de produtos, todos com uma impressão única.

Há quase 100 anos, a cerveja artesanal é produzida em Bariloche, onde uma verdadeira “rota da cerveja” foi formada.

Existem muitos tipos e diferentes matérias-primas. Entre eles, podemos encontrar Stout, Ale, Porter, Bock e Pilsen.

– PESCA –

O Parque Nacional Nahuel Huapi possui uma importante bacia de lagos e rios com costas de fácil acesso, particularmente adequada para a reprodução de espécies de grande valor esportivo, como a truta marrom e a truta arco-íris.

Sua pesca é chamada de “esporte” porque apenas são usadas iscas artificiais, como moscas e colheres.

Para praticá-lo, é necessário adquirir previamente uma autorização de pesca.

Existem três tipos de pesca esportiva: pesca com mosca, fiação e pesca a bordo ou pesca à linha.

A pesca com mosca geralmente se desenvolve nos rios e é uma técnica que requer algum conhecimento para o lançamento das iscas.

Para quem inicia a atividade, é recomendável contratar a assistência de um guia profissional.

A simples menção da palavra Patagônia desperta uma grande expectativa no pescador esportivo.

A sucessão de espelhos d’água, rios e córregos de Bariloche faz parte de sua natureza de enorme beleza.

Excelentes ambientes que atendem às expectativas de todos os pescadores esportivos, seja nas modalidades spining, fly casting ou trolling.

– EXCURSÕES PELOS LAGOS –

Para viver algo inesquecível, uma das excursões imperdíveis a serem feitas em Bariloche é a navegação pelo lago Nahuel Huapi, que se caracteriza por seu grande tamanho, seus belos cenários e suas águas cristalinas.

Velejar é uma das atividades favoritas de quem visita a região e que permite conhecer a extraordinária geografia e fauna a bordo de barcos modernos.

Desconecte-se navegando pelas águas azuis do lago Nahuel Huapi em um catamarã moderno e confortável.

Existe a possibilidade de escolher entre várias opções, passeios como visitar a Ilha Victoria e a Floresta de Arrayanes, Puerto Blest e cachoeira Los Cántaros ou fazer a travessia andina.

– EXCURSÕES POR TERRA –

Abra bem os olhos, porque os turistas podem viajar com as excursões mais tradicionais de Bariloche.

Do centro da cidade, por conta própria ou contratando um passeio, é possível viajar quilômetros de paisagens e surpreender-se com vistas deslumbrantes.

As colinas são os guardiões da cidade. Eles protegem, cercam e fazem de Bariloche um dos destinos turísticos mais visitados da Argentina e do continente.

Se estiver em Bariloche, o turista não pode perder nenhuma das colinas imponentes e visitar os circuitos mais tradicionais.

Visite os arredores de Bariloche e também as cidades vizinhas.

O QUE PRECISA SABER SOBRE A PRIMAVERA PATAGÔNICA:

– A TEMPORADA –

É tradicionalmente uma das estações mais charmosas, que acontece de 21 de setembro a 20 de dezembro.

Os dias começam a se prolongar, com um aumento gradual da temperatura que varia entre 7 e 20 graus no final da temporada.

– VESTIMENTA –

O mais apropriado é a roupa casual, confortável e prática.

Recomenda-se usar calçados de acordo com a montanha e o casaco durante a noite.

– AJUSTE O RELÓGIO –

O nascer do sol acontece às 6 horas e 15 minutos e o pôr do sol às 21 horas e 20 minutos, com um fuso horário GMT-3.

– DICAS IMPORTANTES –

A tensão é de 220 V e os plugues são do tipo I para todos os aparelhos eletrônicos.

A discagem para telefonar para o Brasil é feito pelo DDI +55 e a discagem nacional direta da cidade é o número 294.

Uma peculiaridade na cidade é que os supermercados não entregam sacolas plásticas, um cuidado para preservar o meio ambiente.

– BANCO –

O banco local funciona de segunda-feira à sexta-feira, com horário estabelecido das 8 horas às 13 horas.

Para fazer as compras locais, a moeda utilizada é o peso argentino.

Em toda a cidade há ATMs, caixas eletrônicos, para retirar dinheiro 24 horas por dia. Todos os serviços e regulamentos aceitam cartões de débito e crédito do Brasil.

Muitos se recusam a aceitar real para pagamento em dinheiro

– ESTACIONAMENTO –

Na cidade, o estacionamento é medido. Ou seja, uma forma segura, moderna, ecológica e confiável eleito pelo município.

Todos os turistas tem de adquirir crédito virtual em pontos de venda autorizados.

Por Redação