Dieta e inverno

0
59
Dicas para não sair da dieta neste inverno

Dicas para não sair da dieta neste inverno

Com a chegada do inverno é comum as pessoas se preocuparem mais com a subida do ponteiro da balança. Os restaurantes já começam a oferecer seus festivais de massas, sopas e vinhos, você sente um pouco mais de fome, e ainda tem aquela preguiça de ir à academia malhar. Mas por que será que se come mais no inverno?

Os excessos muitas vezes são justificados com argumentos sem fundamento nenhum, como por exemplo, o mito de que precisamos de mais nutrientes. Na verdade, uma parte dessa vontade de ingerir mais calorias é fome mesmo, mas outra parte disso está associada à relação emocional que temos com a comida. Muitas vezes, o que se busca na comida quente e quase sempre mais calórica do inverno são aconchego e prazer.

É preciso escolher bem os alimentos, e não cair nas armadilhas sutis que o frio traz. No verão preferimos alimentos mais leves e frescos, ricos em água; já no inverno aumentamos a porção de massas, carnes, queijos e cereais, que são mais calóricos e de digestão mais lenta, que proporcionam sensação de saciedade por mais tempo. Isso sem falar na torradinha que acompanha a sopa, no queijo ralado da massa e nos molhos mais incrementados, como o de quatro queijos por exemplo.

Além dos cuidados com a alimentação, ainda é preciso vencer a vontade de ficar mais tempo na cama nos dias mais frios. Treinar durante esse período de frio traz muitos benefícios, você só precisa se preparar para isso.

O que você ganha:
  • Mais saúde – quem faz exercícios tem menos infecções respiratórias. Então, se você ficar só dormindo no inverno, saiba que a imunidade vai despencar e os resfriados e as gripes podem tomar conta.
  • Melhor desempenho – no inverno a frequência cardíaca se mantém mais baixa, então você não fica exausto tão facilmente. Portanto, aumente seu treino.
  • Mais calorias queimadas – no frio o corpo precisa de mais calorias para se manter e com exercícios você queima ainda mais.
O que você precisa fazer no inverno:
  • Aquecer o corpo – no frio a tendência é contrair a musculatura para evitar a perda de calor, o que te deixa mais vulnerável a estiramentos. Então, aqueça a musculatura e as articulações antes de começar.
  • Se hidratar – no inverno tendemos a beber menos líquidos, e ainda perder líquido sem perceber.
  • Montar o guarda-roupa – o ideal é treinar com roupas de materiais sintéticos, como lycra, supplex e tactel, que aquecem sem reter líquido. As peças de algodão não evaporam o suor com facilidade e você acaba passando frio.

Como sempre, o ideal é o bom senso. Pode-se aproveitar as delícias do inverno, mas de forma moderada, e sem abandonar os exercícios.

unnamed (9)

Deixe seu comentário