Saúde

Campanha digital leva conscientização sobre a epilepsia à população

Cerca de 3 milhões de brasileiros sofrem com a epilepsia. No mundo, são aproximadamente 50 milhões de pessoas O mês de março é marcado pelo Purple

Campanha digital leva conscientização sobre a epilepsia à população

Cerca de 3 milhões de brasileiros sofrem com a epilepsia. No mundo, são aproximadamente 50 milhões de pessoas

O mês de março é marcado pelo Purple Day. Um movimento que objetiva promover a conscientização sobre a epilepsia. Este ano no Brasil a campanha será digital neste primeiro momento, devido às prevenções ao coronavírus {Covid-19}. Com o lema “Epilepsia – Abrace essa causa“, a proposta é levar para as redes sociais informações e discussões sobre a doença. Já para setembro estão programados eventos sobre o tema.

As ações foram idealizadas por Eduardo Caminada Junior, embaixador do movimento Purple Day no Brasil e coordenador do Projeto Viva com Epilepsia em parceria com a Associação Brasileira de Epilepsia. Ciente da importância desta campanha, a indústria farmacêutica Prati-Donaduzzi abraça esta causa.

Para marcar a data, o Viva com Epilepsia convida pessoas de todas as partes do Brasil sensibilizadas com o assunto a enviar fotos com roupas e acessórios roxos.  A ideia é que se crie um buzz a respeito do assunto. “Vamos movimentar as redes sociais do Brasil, fazendo um grande movimento roxo pela conscientização da epilepsia”, afirma Eduardo Caminada Junior.

As imagens serão publicadas diariamente nas mídias sociais do projeto. Para colaborar o participante deverá enviar uma ou mais fotos para o endereço eletrônico purpledaybrasil2020@gmail.com. A Prati-Donaduzzi organiza neste dia na empresa o dia do roxo em alusão à data e contribuirá com a campanha.

Eventos

Neste ano o evento principal em comemoração ao Purple Day acontecerá no dia 13 de setembro {domingo}, conciliando com a comemoração do Dia Nacional e Latino-Americano de Conscientização sobre a Epilepsia, em 9 de setembro. A caminhada em prol da conscientização sobre a doença acontecerá no Parque Prefeito Mário Covas, localizado na Av. Paulista.

Ainda está prevista na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo {Alesp} a realização de uma exposição gratuita com desenhos desenvolvidos por 30 crianças de quatro a 14 anos, que têm epilepsia. As obras foram desenvolvidas enquanto os pequenos estavam em atendimento nos ambulatórios do Hospital das Clínicas e do Hospital São Paulo.  A mostra ainda não tem data e horários pré-definidos. 

Incentivo

Empresas que se preocupam com a população sabem da relevância do movimento. Segundo Lucas Angnes, gerente de Marketing da Prati-Donaduzzi, o apoio da farmacêutica aos eventos reforça o posicionamento da empresa, que tem como objetivo promover a saúde dos brasileiros.

“Na Prati-Donaduzzi, entendemos a importância do tratamento e da conscientização sobre a epilepsia. Apoiamos todas as formas de minimizar o impacto da doença, o preconceito e o sofrimento das pessoas e familiares que vivem com a enfermidade”, afirma.    

Epilepsia no Brasil e no mundo      

A epilepsia é uma doença neurológica crônica, uma das mais comuns no Brasil. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde {OMS}, cerca de 3 milhões de brasileiros sofrem com a enfermidade. No mundo, são aproximadamente 50 milhões de pessoas. Apenas a epilepsia refratária atinge mais de 700 mil pessoas no país. O paciente com a doença pode ter até 50 convulsões em apenas um dia. 

SOBRE A PRATI-DONADUZZI

A Prati-Donaduzzi, indústria farmacêutica 100% nacional, é especializada no desenvolvimento e produção de medicamentos genéricos. Com sede em Toledo, Oeste do Paraná, produz, aproximadamente 11,5 bilhões de doses terapêuticas por ano e gera mais de 4,4 mil empregos. A indústria possui um dos maiores portfólios de medicamentos genéricos do Brasil.