Honrando a nossa história e a nossa vida

0
192

Existe algo na sua vida que o perturba hoje e você não vê solução? A maioria de nós está constantemente procurando melhorar e alcançar a felicidade integral na vida. Sabe-se que 70% dos problemas psicológicos que nos afetam são derivados da nossa história e relacionamentos familiares. Os pais, os avós, os bisavós, assim como todos nossos antepassados, se envolvem em nosso ser, muito mais do que a cor da pele, cabelo, olhos ou características do rosto.

A Constelação Familiar é uma abordagem sistêmica desenvolvida por Bert Hellinger, psicoterapeuta alemão, que acredita que é possível tratar e curar situações e relações que se repetem e perturbam a nossa vida, sejam elas físicas, emocionais ou mentais.

Os laços do sistema familiar são estabelecidos por três leis que devem ser respeitadas para uma vida leve e em conformidade com nosso destino. Quando elas são desrespeitadas, conscientemente ou não, traz manifestações que serão percebidas como dificuldades em algum membro do sistema. São elas:

– Ordem: a hierarquia é comandada pela precedência no tempo, assim, quem veio antes tem autoridade sobre quem veio depois. Por exemplo, o amor entre casais devem vir antes que o amor pelas crianças, porque primeiro os pais se encontraram e se  reconheceram, para depois terem a criança. Se isso não é respeitado, alguém acaba ocupando o lugar, expiando e sofrendo.

– Pertencimento: Todos os membros da família tem direito a pertencer. Quando um deles foi excluído, esquecido, expulso ou negado, o sistema o reconduz ao grupo através da representação por outro familiar. Assim esse indivíduo se identifica com o excluído e repete algum padrão.

– Equilíbrio entre dar e receber: Toda relação precisa encontrar um equilíbrio entre dar e receber. Se o que é dado não for compensado com o que é recebido, surgirão problemas. Entre os iguais, a relação implica uma troca, um equilíbrio entre o que cada um dá ao outro e cada um tira do outro. Sem essa troca equilibrada, o vínculo entre iguais não pode ser mantido. Quando a relação não é proporcional, é muito difícil suportar o desequilíbrio.

Nas Constelações, a dinâmica que causa o sofrimento é trazida à luz e as condições apropriadas para a cura são mostradas para serem corrigidas.

O alcance não se limita apenas à pessoa que vem à terapia, mas também ao sistema familiar, porque quando um elemento do sistema se move, eles são todos reposicionados, a energia também se move e encontra um melhor equilíbrio. Normalmente, nas sessões, os problemas recorrentes de desarmonias de saúde, relacionamentos, trabalho, óbitos, entre outros, são trabalhados. No nosso caso, as sessões são individuais feita com a ajuda de bonecos.

Honrando nossa história podemos honrar nossa vida e alcançarmos a felicidade e a paz.

Se você tem interesse em conhecer mais, entre em contato.

www.psicarolinamirabeli.com.br

Compartilhar
Artigo anteriorEscolha o vestido de festa ideal para você
Próximo artigoDicas para sair do sedentarismo
Psicóloga e Mestre em Psicologia Social pela PUC-SP (CRP 06/69647). Pós-graduada em Consultoria Interna de Recursos Humanos e Master em Gestão do Conhecimento. Especialista em Psicologia Transpessoal. Coach de Vida e de Carreira. Facilitadora em Constelação Familiar. Orientadora Profissional. Acredita na integração mente-corpo-espírito e no ser humano em constante metamorfose e avanço existencial. Pesquisadora da temática dos traumas e bloqueios emocionais causadoras de sofrimentos e doenças, assim como de técnicas que auxiliam no alcance da saúde integrativa e na fluidez da vida. www.psicarolinamirabeli.com.br https://www.facebook.com/psicarolinamirabeli/

Deixe seu comentário