Viaje mais: especialista dá 7 dicas para tornar isso realidade

0
32
Viaje mais

Quem não quer poder conhecer mais lugares pelo Brasil e ao redor do mundo? Entretanto, nem sempre é possível e na maioria das vezes por motivos financeiros. Pensando nisso, a Revista Nova Família conversou com o Rafael Kosoniscs, que há cinco anos comanda o Blog Seu Mochilão e colheu 7 dicas para que você viaje mais e melhor partir de agora.

Dica 1: Quanto você pode gastar?

Escolher destinos que caibam no bolso é essencial para o sucesso de uma viagem. “Não adianta conseguir comprar passagem para um destino se não há uma maneira bancar o custo da viagem, como alimentação, hospedagem e os passeios do lugar escolhido. Sendo assim, é muito mais vantajoso pegar uma cidade ou país com valor acessível e aproveitar a viagem sem muita limitação”, explica Rafael.

Dica 2: Compre a passagem antecipadamente

Depois de escolher o destino, o ideal é comprar a passagem o mais rápido possível. Se possível, realizar a compra meses antes para não ter que dividir os custos da passagem com o orçamento destinado para a viagem. “Pode parecer bobeira, mas qualquer gasto extra pode custar um passeio ou até mesmo um período a menos de viagem”, diz.

Dica 3: Faça um roteiro detalhado

Muitos não gostam de fazer um roteiro de viagem por acharem que o planejamento “engessa” uma experiência de férias. Porém, fazer um roteiro detalhado é garantia de viajar mais. Quando se coloca no papel o número de cidades que pretende visitar, já é possível realizar reservas de hostel/hotel previamente e, com isso, é possível pagar mais barato. Além disso, é através do roteiro de viagem que se terá noção dos gastos da viagem e dos passeios que irá fazer.

Dica 4: Pague menos na hospedagem – ou não pague nada

Tirando o custo da passagem aérea, a hospedagem é quase sempre um dos maiores gastos numa viagem. Sabendo disso, pesquise se não há amigos que morem no seu destino escolhido. Ficar na casa de alguém renderá uma boa economia. Mas, se você é o tipo de viajante que não gosta de incomodar as pessoas, tem a opção de ficar em hospedagens pagas com valores bem acessíveis, que é o caso do CouchSurfing, hostel, camping ou até mesmo Airbnb. Hotel é sempre mais caro.

Dica 5: Juntar dinheiro 6 meses antes

Guardar uma grana previamente ajuda bastante durante uma viagem. E, dependendo do valor, é possível aumentar o número de dias, realizar mais passeios ou simplesmente viajar mais tranquilamente, sem medo de tomar uma cerveja extra ou fazer aquele tour inesperado que não constava no roteiro

Dica 6: Não faça da viagem uma maratona

Viajar mais não significa sair fincando bandeira de país em país ou de cidade em cidade. É melhor ter historias pra contar do que carimbo no passaporte para mostrar, não é verdade? Nada melhor que viver a cultura do país visitado, sentir o ambiente com calma, trocar experiências com moradores… Fazer viagem não é uma gincana, e querer conhecer tudo de uma única vez é impossível. Roteiro justo não rola. Ir na boa é viajar mais.

Dica 7: Cozinhe você mesmo

Alimentação é um outro gasto inevitável durante uma viagem. E, dependendo do destino, não há lugar barato para comer. Sendo assim, que tal cozinhar você mesmo? Arregaçar as mangas e fazer a própria comida é garantia de economia de viagem e a certeza de viajar gastando menos e aproveitando mais. Independente do lugar, sempre há um mercadinho escondido entre uma rua e outra.

Compartilhar
Artigo anteriorFinanças: 3 perguntas que você deve fazer a si mesmo antes de comprar algo
Próximo artigoComo armazenar medicamentos de maneira correta e segura
Repórter da Revista Nova Família. Jornalista formada pela Universidade Paulista, possui experiencia em produção e reportagem de TV, além de jornal e assessoria de imprensa com foco em construção de autoridade. Buscou formações ainda na área de planejamento financeiro pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Deixe seu comentário