EDUCAÇÃO & NEGÓCIOS

Educação não se resume às matérias básicas

Educação não se resume às matérias básicas

Desde crianças estudamos matemática, ciências, português, etc. - mas nem sempre aprendemos sobre alguns dos assuntos mais triviais para a vida

Que a educação é de extrema importância para a vida de qualquer pessoa não é novidade, - mas, além de importante, ela é um direito para todos. Além de ajudar individualmente – afinal, os que estudam possuem maior chance de alcançarem os seus objetivos de vida, - a educação faz com o que o  país inteiro avance. É pela educação que aprendemos a nos preparar para vida. 

Porém, nem sempre o que aprendemos na escola é o suficiente. O ideal é continuar estudando e aprendendo em todos os dias das nossas vidas. O que aprendemos na escola é o básico, mas, acredite, não é o suficiente para a sua vida. Além das matérias comuns, com o passar do tempo precisamos lidar melhor com outras formas de aprendizado e tomadas de decisão. Exemplos claros disso são a necessidade de escolher uma carreira a seguir, entender o momento de desistir de algo e, principalmente, a capacidade de poder se autoconhecer melhor.

Muitas vezes os jovens, com menos de 18 anos, são obrigados a escolher a carreira que vão seguir pelo resto das vidas - mas, com essa idade, é provável que eles nem conheçam a si próprios. Um auxílio é o coaching de vida e carreira, que pode ajudar as pessoas a enxergarem melhor um caminho para elas. A solução está dentro delas próprias, mas muitas vezes elas não a enxergam sozinhas.

E esse é só um dos casos. Profissionais já renomados também têm o direito de se sentirem perdidos de vez em quando. Quando a pressão é muito grande, é comum que haja uma preocupação maior. E isso vale tanto para a vida pessoal quanto para a profissional. Nós não somos educados para aprender a lidar com a pressão do mundo externo – e sim para lidar com assuntos mais teóricos.

E esse é o problema: aprendemos muitas teorias, mas não sabemos como colocá-las em prática – e isso vale desde a nossa infância. Quantos conteúdos teóricos você aprendeu e não colocou em uso? E quantos ensinamentos práticos deixou de ter? Ou melhor, quantas coisas você aprendeu e tentou colocar em prática? Reflita.

Procurar pela ajuda de um coach experiente pode ser um passo importante para ajudar no seu autoconhecimento, educação e tomadas de decisões. É muito importante estar sempre aberto a novas possibilidades em todas as áreas da vida, mesmo que elas resultem em erros, - afinal, é só assim que se aprende de verdade.