Fim de ano e notas baixas não combinam!

0
13

“Cigarras cantando, fim de ano chegando”, já dizia o ditado. E fim de ano é sinônimo de comemorações, festas, natal, alegria, férias… Opa! Aqui está uma coisa importante: FÉRIAS!

Mas para alcança-las é necessário ter se dedicado durante o ano letivo, ter mantido uma rotina de estudos e alcançado boas notas na escola. Agora, se você não fez isso, relaxou durante o ano e agora está na corda bamba: não adianta chorar! É hora de acordar e se dedicar para não ficar para trás e ter que repetir a mesma série e os mesmos conteúdos no próximo ano. E lembre-se, não existe fórmula mágica e nenhum anjo da guarda poderá te salvar do sufoco!

Estudar com foco e dedicação.

Só nos resta estudar, estudar, estudar e estudar para superar aquela dificuldade em Matemática ou compreender aquele assunto em Geografia. Para isso, é preciso DISCIPLINA e a sua palavra-chefe é DEDICAÇÃO!
O primeiro passo é esquecer as justificativas

Não adianta mais se lamentar e criar motivos para as notas baixas. Seu foco agora é supera-las a todo custo! Para isso será fundamental que sua autoestima esteja reforçada. Acredite em si mesmo! O ser humano é um ser abençoado com a possibilidade de reconhecer seus erros e corrigi-los, então, a não ser que você não esteja disposto, você pode sim alcançar seus objetivos, basta se esforçar!

O fundamental dessa reação escolar é saber organizar o tempo

É extremamente necessário montar um cronograma e reservar uma ou duas horas diárias somente para os conteúdos que apresentam maior dificuldade. Seu lema deve ser ORGANIZAÇÃO!

O ambiente selecionado para os estudos é um elemento que faz uma diferença enorme. Escolha sempre lugares tranquilos e longe de agitações, se possível, exclusivamente seu. Evite locais com conversa constante ou onde determinadas ações podem retirar sua atenção dos livros. Tenha sempre a mão água para se manter hidratado e disposto.

Estudos em grupo são de grande valia quando o objetivo é o estudo

A COOPERAÇÃO pode ser um dos fatores decisivos para a superação das dificuldades. Mas tome cuidado para não fugir do foco e acabar em brincadeiras e assuntos que em nada ajudarão nas notas de fim de ano. Por falar em cooperação, busque também, com seus colegas, anotações que eventualmente você não tenha feito durante a aula. Você pode acabar encontrando alguma dica ou detalhe importante que o professor referenciou e você acabou deixando passar.

Buscar a ajuda de algum professor particular ou orientador de estudos pode ajudar, mas tenha sempre em mente que eles não fazem milagres. Quem deve manter uma rotina de estudos e se dedicar é você, eles serão apenas um auxílio que acrescentará na sua breve, mas difícil jornada.

O essencial: a FAMÍLIA!

Se alguma coisa está te atrapalhando nos estudos ou se está encontrando uma dificuldade grande em manter um ritmo de estudos, conte aos seus familiares.

Além do apoio moral que eles podem te dar, eles podem também lhe auxiliar nos
enfrentamentos que você anda encontrando. Sendo assim, nunca deixe de acreditar em você e assim a SUPERAÇÃO será um objetivo fácil de alcançar.

Deixe seu comentário