Dicas de como combater o estresse feminino

0
43

Durante cinco dias, o Femme Laboratório recebeu profissionais capacitados em diversas áreas e seus clientes para realizar mais uma Campanha Saúde da Mulher, evento que desde 2002 tem o compromisso de orientar as mulheres sobre os cuidados com a saúde física e psicológica, com destaque para questões comportamentais.

Uma das palestras mais aguardadas abordou o stress feminino. Ministrada pelo Dr. Roberto Cardoso (Médico graduado pela Universidade de Brasília, com Mestrado e Doutorado em Ciências pela UNIFESP e Chefe do Setor de Medicina Fetal do Femme), o médico citou que as mulheres adoecem mais com o estresse no trabalho do que os homens e reconstruiu toda a história da existência feminina. “A mulher da atualidade precisa se mostrar como uma super-esposa, super-profissional, super-mãe. Mas essa perfeição não existe, é preciso respeitar seus limites e adotar rotinas que melhorem seu dia a dia”, afirmou Dr. Roberto.

O médico elencou cinco dicas simples que ajudam a mulher a encarar o stress e controlá-lo com facilidade. São elas: 

Coping para mulheres e o resgate do feminino essencial

O médico também revela que a mulher é muito mais propensa a suportar o estresse do que o homem. “A mulher não aprendeu a desenvolver o coping, que é constatar o estresse, buscar uma via de redução da ansiedade e depois tomar uma atitude consciente diante do problema. Homem estressado descansa, toma uma cerveja com os amigos, joga bola e, se está gripado, não aguenta ficar em pé. A mulher não, sob o estresse ela tende a “aguentar firme” o sofrimento e são poucas as opções de coping que realmente aliviam o estresse feminino”, afirma.

Entre as opções de coping que ajudam a mulher a suportar o estresse estão o toque e o contato com a natureza. Uma massagem, por exemplo, é capaz de aliviar o estresse feminino. Estar em um ambiente puro, em meio a natureza também é favorável. “Com esse contato, a gente costuma falar que é possível resgatar algo que ficou muito distante das mulheres que é o Feminino Essencial, algo que está presente em todas as culturas e povos desde a antiguidade. É o poder de usar a energia das mulheres como fator de equilíbrio para o planeta. Isso se perdeu por conta da mudança do perfil da mulher na sociedade. Hoje ela se dedica a muitas outras funções, conquistou espaço no mercado de trabalho, mas se afastou do feminino essencial”, explica.

Evite as fontes de stress

É importante identificar comportamentos que aumentam seu nível de cansaço e irritação que acabam gerando o estresse. Um exemplo citado pelo Dr. Roberto foi o trânsito. “Se uma mulher mora em um bairro e precisa atravessar a cidade para chegar ao trabalho e depois buscar o filho na escola e ainda se dedicar às atividades físicas, ela pode tentar adaptar seus deslocamentos e manter seus compromissos e atividades o mais próximo possível de onde ela passa maior parte do tempo”, aconselhou. Ou seja, planejar a rotina é um ponto importante para evitar estresse.

Mude a maneira de pensar

Dr. Roberto citou os animais como exemplo, explicando que mesmo sabendo que podem ser caçados por outros predadores, jamais deixam de agir normalmente após situações de perigo. “A zebra, por exemplo, pode ser atacada por um leão, em certo dia. Ela corre e tenta sempre escapar da morte. Quando ela consegue sobreviver, sua vida segue normalmente. Ela não deixa de comer pensando que pode ser atacada, ela não deixa de dormir com medo de se devorada. Nós, humanos, acabamos sempre presos às dúvidas e aos perigos em vez de seguir em frente. Apenas nós, humanos, pensamos sobre nossos medos. Isso é mais do que estresse, é ansiedade. É preciso pensar diferente”.

Deixe seu corpo mais resistente

Uma boa alimentação é crucial para manter o corpo preparado para situações estressantes. Comer bem e priorizar alimentos saudáveis ajudam a manter o corpo resistente e a evitar desgastes no sistema imunológico. Também é importante preservar hábitos adequados para garantir um bom sono.

Faça atividades anti-stress

Dr. Roberto destaca que a respiração é fundamental para conseguir manejar as situações de estresse diário. Exercícios físicos são recomendados e a prática da meditação é uma das grandes aliadas no combate ao stress. Entre os benefícios oferecidos por ela estão a melhora de concentração, de foco e de memória. Para a saúde corporal, a meditação garante sono mais tranquilo, melhora o sistema imunológico, hipertensão arterial, quadros de ansiedade e até mesmo alivio de dores crônicas. “Meditar é uma técnica que se aprende praticando, É como tocar um instrumento musical, depois de aprender a técnica você consegue desfrutar do benefício sem ficar tão preocupada se está fazendo certo ou errado. Com a prática, a técnica flui sem esforço”, garante Dr. Roberto que defende o conceito de meditação como instrumento de saúde para o praticante. 

Sobre a Campanha Saúde da Mulher 

Dr. Roberto Cardoso fechou o ciclo de palestras oferecido pelo Femme Laboratório durante a Campanha Saúde da Mulher e ficou muito satisfeito com o resultado. “Ficamos muito felizes em poder levar conteúdos relevantes ao nosso público por mais um ano. Desta vez, a abordagem foi bastante diferente, muito proveitosa e nosso objetivo foi alcançado: oferecer informação de qualidade e tratar a saúde da mulher como um todo: fisicamente, psicologicamente e comportamentalmente”, afirma o médico que é autor dos livros “Medicina e Meditação” (MG editores) e “Tetos Profissionais” (editora Paulinas).

Sobre o Femme
Com mais de 30 anos de experiência, o FEMME é um laboratório pioneiro em Medicina Diagnóstica dedicado exclusivamente à saúde da mulher, com destaque para a prevenção do Câncer Ginecológico e Medicina Fetal. Toda a estrutura foi cuidadosamente planejada dentro do conceito de atendimento especializado, aliando recursos modernos e mais conforto para as pacientes.

Deixe seu comentário