5 países que lideram a energia solar no mundo

solar-system-2939560_960_720

Gerar energia elétrica de forma limpa tornou-se uma questão chave para os países do mundo que, pressionados por uma descarbonização de seus setores elétricos, buscam tecnologias sustentáveis, porém com preços competitivos.

É nesse cenário que a energia solar, considerada a fonte limpa de maior potencial no planeta, avança através da tecnologia fotovoltaica, que converte a luz do sol diretamente em energia elétrica.

Com a expansão e aperfeiçoamento das placas solares nos últimos anos, a energia fotovoltaica já é, em alguns países, a forma mais barata de geração elétrica, superando até mesmo os tradicionais e poluentes combustíveis fósseis.

Segundo o último Panorama da Energia Mundial, estudo realizado pela Agência Internacional de Energia (International Energy Agency ou IEA, em inglês), em todos os possíveis cenários de expansão analisados, a energia solar fotovoltaica deverá superar todas as demais fontes de energia até 2040, com exceção do Gás Natural.

Com uma capacidade instalada mundial de 398 Gigawatts (GW) até o final de 2017, e uma previsão mais otimista de 4.240 GW até 2040, isso representa uma verdadeira corrida na expansão da tecnologia pelo mundo, liderada hoje pelos 5 países abaixo com maior potência acumulada:

  • 1 China – 131 GW
  • 2 EUA – 51 GW
  • 3 Japão – 49 GW
  • 4 Alemanha – 42 GW
  • 5 Itália – 19,7 GW