8 cuidados essenciais na preparação dos alimentos

63

Você teve todo o cuidado na hora de escolher bem os alimentos no super mercado, mas chegando em casa não sabe bem o que pode ou não ser feito no manuseio, armazenagem e preparo dos mesmos? Então essa matéria é para você! Confira algumas dicas de hábitos saudáveis que farão a diferença na preparação dos alimentos, focando em sua saúde.

Tábua de corte: É comum as pessoas utilizarem a mesma tábua para fatiar carnes e, sem lavá-la, cortar legumes. Desta forma, acontece a chamada contaminação cruzada, passando os microorganismos da carne crua para os próximos alimentos da tábua. Se você ferver estes legumes, a água fervente elimina a contaminação, mas o problema não é resolvido se você consumir os legumes crus. Por isto, sempre lave muito bem a tábua de corte antes de fatiar outros alimentos.

Atenção ao descongelamento de carnes: Esta é de praxe: quando se precisa descongelar uma carne, a pessoa deixa o alimento em cima da pia ou de uma bancada durante todo o dia ou por várias horas, certo? Esta atitude prolifera os microorganismos da carne crua, pela mudança brusca de temperatura. O mesmo acontece quando se congela algo quente. O ideal é deixar a carne descongelando gradualmente, dentro da geladeira.

Preparo de frangos: Com certeza esta dica causará surpresa. Você sabia que não devemos lavar o frango na preparação dos alimentos? Como já dissemos anteriormente, a carne crua possui muitos microorganismos e, em contato com a água, podem proliferar estes agentes. Lavar a carne do frango e cozinhá-lo em temperatura de 60° a 70° é a condição perfeita para uma intoxicação.

Comidas coloniais de beira de estrada: É difícil resistir. Quando viajamos, várias barracas oferecem deliciosos alimentos coloniais na beira de estrada e muita gente compra estes alimentos. O problema é que nem sempre eles são armazenados da maneira correta e ficam expostos ao sol e ao ambiente. Prefira comprar produtos coloniais em locais com inscrições municipais, estaduais ou federais.

Armazenamento de ovos: Para manter hábitos saudáveis na preparação dos alimentos, é importante que o armazenamento deles também seja feito de forma correta. Os ovos devem ser guardados em potes com tampa, tanto dentro quanto fora da geladeira, como preferir. O preparo adequado do alimento deve ser feito com temperaturas acima de 60 graus, para eliminar bactérias que ficam presentes na casca. A gema deve ficar sempre dura, bem cozida.

Consumo de alimentos prontos: Se, após uma refeição, você acondicionar as sobras na geladeira, deve fervê-las novamente antes do consumo. Somente amornar os alimentos já preparados pode não eliminar novas bactérias que passaram a viver nesta comida. A fervura resolve o problema e o produto pode ser consumido sem problemas.

Atenção à limpeza dos espetos de churrasco: Esta também é de praxe. Após o churrasco, muitas pessoas guardam seus espetos sujos de gordura até o próximo preparo, quando só então irão limpá-los. Acontece que este é o ambiente perfeito para a proliferação de bactérias, que passarão para a carne. Sempre lave os espetos após o uso, seque-os e passe um pouco de óleos antes de guardá-los. Problema resolvido.

Limpeza de frutas e verduras: Os cuidados já começam na compra destes alimentos. Procure sempre por frutas e verduras frescas, firmes e sem amassados, de preferência ainda inteiros, não picados. Em casa, lave tudo muito bem, individualmente, passando as mãos pela casca para retirar impurezas. Se for consumir com a casca, esfregue com bucha ou esponja. Deixe de molho em solução por trinta minutos, enxaguando-as após este período com água corrente. Desta forma, o consumo é seguro. A solução pode ser feita com vinagre. São duas colheres (sopa) de vinagre por litro de água pura.