9 musicais em cartaz, com opções para toda a família

A-Bela-e-a-Fera-840x535

Os musicais caíram de vez no gosto dos brasileiros. O formato tem sido, atualmente, um dos preferidos dos produtores para dar vida a grandes histórias e produções.

Os musicais “Annie”, que vendeu mais de 53 mil ingressos, e “A Pequena Sereia”, que teve 88 mil vendas no ano passado, são provas dessa mudança de comportamento do espectador.

Para 2019, a agenda de musicais já está repleta de grandes obras, incluindo alguns personagens e histórias bastante conhecidas, como “A Bela e a Fera, O Espetáculo Musical”, “Gonzaguinha” e “Billy Elliot”, entre outros.

Escolha o seu:

Billy Elliot: Com músicas de Elton John, o enredo gira em torno de Billy, um menino que quer ser bailarino contra a vontade do pai. A inspiradora história de um garoto que luta para tornar um sonho realidade tem como fundo o conflito de sua família e vizinhança, causados pela greve dos mineiros britânicos (1984-1985), em County Durham, no nordeste da Inglaterra.

Sunset Boulevard: Glamour, poder e cobiça no musical que fez história na Broadway. Assim é “Sunset Boulevard”. Com Marisa Orth e Daniel Boaventura como protagonistas, a produção traz um espetáculo vencedor de sete Tony Awards, com músicas de Andrew Lloyd Weber.

O Meu Destino é Ser Star: Cerca de 40 sucessos da carreira do cantor e compositor vão estar no repertório do musical “Meu Destino é ser Star, ao som de Lulu Santos”. O espetáculo irá narrar a trajetória de jovens que buscam realizar seus sonhos profissionais e conquistar um grande papel em suas carreiras artísticas.

70! Década do Divino Maravilhoso: Com mais de 300 figurinos, 20 cenários e um grande painel de led, 27 atores, cantores e bailarinos, uma orquestra com mais de 10 músicos, a superprodução nacional celebrará uma década marcante da história brasileira, em que as artes, sobretudo a música, foram ferramentas fundamentais para a cultura!

Gonzaguinha, O Eterno Aprendiz: O espetáculo homenageia a trajetória de um dos maiores artistas populares do país tendo como ponto de partida exatamente suas principais ferramentas de trabalho: a música e a palavra. No palco, o ator Rogério Silvestre dá vida ao personagem central, o próprio Gonzaguinha, interpretando um texto poético que passeia por momentos marcantes da vida do cantor e compositor carioca.

Carpenters Superstar: Reviva todos os clássicos, como “Close to You”, “This Masquerade”, “Superstar”, “Rainy Days and Mondays” e muito mais no musical em homenagem aos Carpenters.

LEIA MAIS: Canal do YouTube quer ajudar pais, mães e filhos a ter uma vida mais saudável

Os Três Porquinhos: A conhecida história dos Três Porquinhos também é um sucesso nos musicais para todas as famílias. O musical comemora 9 anos, ininterruptos, em cartaz. Um sucesso de bilheteria, que já levou mais de 1 milhão de pessoas ao Teatro.

A Bela e a Fera, O Espetáculo Musical: Baseado no conto de domínio público francês, a encenação leva para os palcos 50 integrantes, entre atores, bailarinos, cantores e músicos de orquestra, além de 200 figurinos, cenários grandiosos e projeções em vídeo mapping 3D, com tecnologia para interagir personagens e cenário.

Cartas para Gonzaguinha: O musical é uma obra de ficção que se ambienta no Brasil do início da década de 80. A retomada da democracia avança lentamente pelo país, mas as lutas sindicais ainda encontram forte repressão. Os personagens que povoam essa história foram batizados com os nomes que constam na poética de Gonzaguinha: José, João, Solemar, Geraldina entre outros.

Comentários