Aumenta número de famílias endividadas no Brasil

aumenta-numero-de-familias-endividadas-no-brasil.jpg

Dívidas no cartão de crédito respondem por
78,5% do endividamento dos brasileiros

Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada nessa terça pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), mostra que o brasileiros está mais endividado.

O percentual de famílias com dívidas (em atraso ou não) chegou 61,5% em fevereiro, taxa superior aos 60,1% de janeiro deste ano e aos 61,2% de fevereiro do ano passado.

Já a inadimplência, ou seja, dívidas ou contas em atraso, baixou em comparação com o mesmo período de 2018: de 24,9% para 23,1% em fevereriro deste ano. Mas não deixa de ser preocupante a subida em relação a janeiro -o primeiro mês do ano registrou taxa de 22,9%

LEIA MAIS: 5 dicas de especialista para empreender com sucesso
Quer investir em um negócio em 2019? Confira um guia para não correr riscos

Outro indicador que teve aumento de janeiro para fevereiro foi o percentual de famílias que não terão condições de pagar suas contas ou dívidas: o número passou de 9,1% para 9,2%. Assim como a inadimplência, esse indicador ficou abaixo do registrado em fevereiro de 2018 (9,7%).

O tempo médio de atraso dos inadimplentes foi de 64,9 dias em fevereiro de 2019 -mesma taxa registrada em fevereiro de 2018. Já o tempo médio de comprometimento com dívidas entre as famílias endividadas foi de 6,8 meses, sendo que 26,2% delas estão comprometidas com dívidas até três meses e 29,7%, por mais de um ano.

A parcela média da renda comprometida com dívidas das famílias endividadas diminuiu na comparação anual, passando de 29,4% em fevereiro de 2018 para 29,1% em fevereiro de 2019.

O cartão de crédito foi apontado em primeiro lugar como um dos principais tipos de dívida por 78,5% das famílias endividadas, seguido por carnês (13,9%) e financiamento de carro (9,8%).

FONTE: Agência Brasil

Receba nossas novidades, assine nossa newsletter!

Especial Mulher

Slider