Aumento da mama ainda é o procedimento mais pedido nos consultórios

O Brasil está em segundo lugar no ranking mundial de implantes de próteses mamárias, atrás apenas dos Estados Unidos. Segundo Victor Lima, cirurgião plástico, membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, 60% dos procedimentos realizados em sua clínica em 2017 foram procedimentos na mama. Em seguida, vem a lipoaspiração representando 30% dos procedimentos.

Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

A cirurgia de aumento de mama dura em torno de 40 a 60 minutos e pode ser feita através de anestesia local com sedação ou por anestesia geral. “Pode-se permanecer no hospital até a manhã seguinte ou receber alta após algumas horas”, comenta Dr. Victor Lima. Mas é preciso cautela na hora de optar pela cirurgia. “O principal incentivador é a melhora da auto-estima da mulher, e a forma como ela se enxerga”, comenta o médico.

Victor Lima aproveita para enfatizar a importância de procurar um médico competente. “O cirurgião deve ser membro especialista da SBCP, e também demonstrar profissionalismo e segurança ao paciente, se preocupando com o bem-estar do mesmo”, diz Victor Lima. “Seguir essas recomendações é garantia de segurança e sucesso da cirurgia”, completa.