Canal do YouTube quer ajudar pais, mães e filhos a ter uma vida mais saudável

Com ajuda de técnicas médicas e psicológicas, o desenho “As Aventureas de Lelé” aborda cuidados com emoções e saúde dos pequenos

A produção de conteúdo infantil aumentou no Brasil nos últimos anos, em decorrência da lei que a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) instituiu junto às operadoras de TV a cabo. Elas são obrigadas a veicular três horas e meia de programas nacionais e independentes.

Assim, uma série de programas educativos ganharam espaço. É o caso de As Aventuras de Lelé, desenho que ajuda pais, mães e filhos a terem uma vida mais informada, saudável, feliz e menos ansiosa.

Criada pelo roteirista Caio Trevisan Aidar, em parceria com o pediatra Fábio Bozelli, a animação possui mais de 1,5 milhões de views no Youtube, além de contar com seguidores no Facebook e Instagram.

Além dos dois sócios que começaram a ideia, outros entraram com o passar do tempo para acrescentar. André Mattar, pediatra; Daniela Caramez, publicitária e gestora cultural; Jefferson Bozelli, odontologista pediatra; Jr. Caramez, publicitário e ilustrador; e Paula Bozelli, educadora pedagoga.

Com público alvo voltado para crianças de 1 a 5 anos, “As Aventuras de Lelé” conta história de Lelé, um coelho esperto e observador, que consegue resolver problemas do dia a dia e dar dicas aos seus amigos, mostrando que é possível viver de maneira saudável e divertida. O desenho animado aborda diversidade, diferenças de espécie, de estilos e de comportamentos e outros temas importantes.

“O projeto surgiu após eu levar meu filho em uma consulta com o Dr. Fábio Bozelli. Durante as visitas, conversávamos sobre ansiedade dos pais, alimentação, atividades físicas e a importância do diálogo com os pequenos. Com esse insight, começamos o processo de pesquisa e planejamento”, conta Caio Trevisan Aidar.

Com quatro episódios lançados, de 1 a 3 minutos de duração, “As Aventuras de Lelé” já debateu o desfralde, o sono saudável e a falta de estímulo, além de febre, ciúme, alimentação, ansiedade, escovação dental e a necessidade de brincar ao ar livre.

“Queremos traduzir a linguagem médica em um linguajar simples, explicando a importância de ter bons hábitos e mostrando que é possível ter uma vida equilibrada”, comenta Fábio Bozelli.

O primeiro episódio da série “As AVenturas de Lelé”

Comentários