Casa renovada! Faça sua faxina de ano novo sem prejudicar o meio ambiente

Faça sua faxina de ano novo sem prejudicar o meio ambiente

Não foi apenas 2019 que chegou, mas também o desejo de iniciar um novo ciclo com mais organização, aproveitando cada cantinho dos armários de casa e passando para frente aquilo que não se usa mais. Colocar ordem na bagunça é uma boa maneira de começar o ano.

Mas, antes de esvaziar os armários e encher os sacos de lixo, procure repensar se aquilo que está sendo descartado pode ser reaproveitado. Ou seja, separe os itens dos quais você pretende desfazer-se em duas grandes categorias: reaproveitáveis e recicláveis.

Para os reaproveitáveis, uma boa dica é procurar instituições que aceitem doações ou consultar amigos e familiares se querem ficar com algo. No guarda-roupa, por exemplo, você pode separar roupas, calçados, cabides, cintos e outros acessórios úteis. Faça o mesmo em outros cômodos da casa, como cozinha, sala, quarto e área de serviço.

No tocante aos recicláveis, as alternativas são as seguintes: separar potes de cremes vazios ou aqueles de plásticos guardados no fundo do armário da cozinha; garrafas, baldes, sacolas, potes e copos de vidro são totalmente recicláveis; cadernos, livros, caixas, cartões e materiais de escritório também; pente de plástico, escova de dente, cabide de plástico ou todo de arame, panela, talheres de metal, prendedor de plástico, isopor e acessórios femininos brinco e pulseiras são passíveis de reciclagem.

Francisco Vianna, coordenador de Planejamento Operacional da Loga, Logística Ambiental de São Paulo, empresa responsável pela coleta de resíduos na Região Noroeste da capital, afirma que a relevância da reutilização de itens como ação sustentável beneficia o meio ambiente. “Todo reaproveitamento tem como consequência direta a não extração de matéria prima, diminuindo a necessidade de cortar árvores, extrair minérios e petróleo e preservando os recursos naturais do planeta”.

Dicas importantes para destinar os resíduos

Objetos cortantes: deve-se embrulhar os pedaços dentro de um papelão para não machucar o profissional responsável pela coleta.

Lâmpadas fluorescentes, pilhas, baterias, eletrodomésticos, sofás, colchões são materiais que têm um destino diferenciado dos resíduos domiciliares, orgânicos ou secos. Devem ser entregues aos ecopontos*.

Demais objetos de volume grande, superior a 200 litros, também devem ser encaminhados aos ecopontos. Ao descartar, mantenha os itens recicláveis secos e limpos.

Serviços da Prefeitura de São Paulo:

Consulta de coletas em sua rua: http://www.loga.com.br/content.asp?CP=LOGA&PG=LG_C02

Cooperativas cadastradas: http://www.capital.sp.gov.br/cidadao/rua-e-bairro/lixo/empresas-cadastradas

Ecopontos: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/subprefeituras/noticias/index.php?p=250404

Sobre a Loga
A Loga – Logística Ambiental de São Paulo S.A. é uma empresa jovem e inovadora, fundada com o objetivo de oferecer serviços especializados de coleta, transporte, tratamento e disposição final dos resíduos domiciliares e dos serviços de saúde gerados no Agrupamento Noroeste do Município de São Paulo. Sua atuação está alinhada com o compromisso à qualidade, a transparência, o respeito ao meio ambiente, à saúde e à segurança dos colaboradores e usuários.

Comentários