Cinco dicas para ficar livre das estrias e flacidez depois da gestação

gravida

Cinco dicas para ficar livre das estrias e flacidez depois da gestação

Cinco dicas para ficar livre das estrias e flacidez depois da gestação. Se você é mulher e quer engravidar já deve ter se perguntado como fica o corpo após a gravidez.

Essa é uma dúvida que permeia na cabeça das futuras mamães, pois o medo de permanecer com estrias, celulite e flacidez é muito grande, principalmente na primeira gestação.

Mas temos uma boa notícia: por meio de algumas medidas, uma dieta equilibrada, exercícios físicos e alguns truques é possível voltar a ter o mesmo corpo de antes.

Assim como os tratamentos e fatores genéticos, os cuidados antes e depois do parto são cruciais.

O fisioterapeuta dermato-funcional Igor Lustosa explica que as estrias são cicatrizes que se desenvolvem quando acontece a destruição das fibras elásticas, causadas geralmente com o aumento e diminuição do peso.

“As estrias no período de gestação são comuns e também não há motivos para entrar em pânico”.

Além de medidas simples que podem ser tomadas para evitar o aparecimento, os tratamentos de estética corporal já estão avançados atualmente, permitindo com que a mulher volte a ter o corpo de antes mesmo depois de ter o bebê, explica o especialista.

Ainda de acordo com ele, outra preocupação das mulheres são as celulites.

Da mesma forma que a estria, a celulite também pode ser evitada por meio da alimentação.

Cuidar do corpo e da autoestima é muito importante nessa época, pois eu já vi casos de mulheres que entraram em depressão pós-parto.

Ao mesmo tempo, também é importante deixar claro que esse é um momento único na vida de uma mãe e é preciso que ele seja aproveitado sem que as mulheres se sintam mal, basta se cuidar que tudo ficará bem, complementa.

Abaixo, ele lista os principais cuidados e tratamentos de estética corporal antes e após o parto. Confira:

1 – Hidrate a pele para evitar estrias:

Igor conta que para evitar o aparecimento de estrias é necessário hidratar a pele, com óleo e muito hidratante.

“O óleo de amêndoas é super recomendado para todas as partes do corpo, não tem contraindicação na gestação e pode ser misturado com outros cremes, como arnica, óleo de girassol, óleo de semente de uva, entre outros”, aconselha o especialista.

2 – Abuse do protetor solar:

Já é sabido que o protetor solar é importantíssimo não só na gravidez, mas em qualquer pessoa e época do ano.

Na gestação, em específico, recomenda-se utilizar o protetor para bloquear o desenvolvimento de manchas que, futuramente, podem se tornar irreversíveis.

“É necessário se proteger do sol para evitar o melasma – doença muito comum na gravidez. Outra dica é aplicar no abdômen, seios, pescoço e colo caso você se exponha ao sol, pois nessas áreas também há formação de manchas durante a gestação”, explica.

3- Previna a flacidez:

Durante a gestação, a barriga vai crescendo, vai esticando e rompe as fibras, gerando a  flacidez. Porém, o especialista explica que, para um estiramento sem danos, será necessário manter a pele saudável durante os nove meses.

É muito comum as mães reclamarem de flacidez. Dependendo da idade e do grau, conseguimos recuperar quase tudo, agora, se for alguém que não se preocupou com os cuidados com a pele, recuperar é ainda mais difícil.

O que é importante para resgatar a pele antes é a prevenção. Caso você seja uma mulher que já vem no pós parto com a pele hidratada, você consegue resgatar de forma natural e rápida. Por isso, se cuide sempre!

4 – Opte por tratamentos alternativos:

Os procedimentos de uso nesse período são mais voltados a terapias alternativas, massagem comum, massagem com pedras quentes – sempre com cosméticos liberados para as grávidas.

“Recomendo bastante a massagem com bambu, drenagem, drenagem linfática, ofurô e outros tratamentos que proporcionem um momento de relaxamento e conforto”, aconselha o especialista.

5 – Tome bastante água:

Por mais que essa seja uma dica simples e já conhecida, que só proporciona milhares de benefícios para a saúde, muitas pessoas ainda insistem em deixar a água de lado para tomar refrigerantes e bebidas açucaradas.

“Em média, é recomendado que a gestante beba cerca de dois litros de água ao dia, para que o corpo e a pele se mantenham hidratados e regule a circulação.

Junto com a ingestão de água, também recomendo atividades físicas como a hidroginástica, acompanhada de uma alimentação saudável.

Tudo isso junto, ajudará na prevenção de estrias e celulites durante e após a gravidez”, finaliza Igor Lustosa.

Por Redação

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts

Antifrágil

Antifrágil. Vivemos no mundo VUCA com quatro características: volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade. Você já deve ter observado que tudo mudou e a essa altura

Continuar Lendo »