Como evitar mofo em casa – temperatura baixa requer cuidados especiais

point-mold-and-cloud-mold-1029825_960_720

Nas estações mais frias, quem nunca desengavetou um casaco e sentiu aquele cheirinho desagradável de mofo? Causado normalmente por umidade, o mofo pode se instalar nos armários, nas roupas, nas paredes e tecidos, não há lugar específico para ele. O pior é que pode causar problemas de saúde como alergia, rinite, sinusite, tosse, asma, entre outras. Quem normalmente mais sofre com esse mau são os idosos, bebês, crianças e grávidas.

Visando o cuidado com a saúde, a Gerente de P&D da Casa KM (fabricante de produtos para cuidados com a casa e com as roupas) Cristiane Ayres, dá dicas de limpeza que combatem esse problema.

  • O ideal é guardar as roupas de uso frequente sem proteção, porém é necessário que estejam sempre limpas da forma adequada. Aliado para manter a boa conservação das peças, é a linha de lava-roupas COQUEL líquido, que limpa as roupas com delicadeza, sem agredir os tecidos e reaviva as cores originais.
  • Para calçados de couro, queridos por longa duração, é necessária uma atenção especial, por isso para limpá-los pode usar uma flanela ou outro pano macio, mas jamais fazer imersão na água. Para o acabamento, indicado é fazer uso do Tom Bom, linha de tratamento específica para esse material.
  • Para a casa, o aconselhável é manter as janelas e portas abertas para arejar o ambiente. Nesse caso, é possível deixar o espaço com um delicioso perfume usando o limpador Casa & Perfume da Casa KM, que possui várias fragrâncias.
  • Caso o mofo já esteja impregnado nos móveis, a receita é misturar vinagre e bicarbonato, borrifar nos objetos mofados e secar com um pano limpo. Com cautela dá para deixar longe outro vilão das peças: o cupim. Nesse caso, independente do material do móvel pode-se utilizar o Brilho Fácil Lustra-Móveis, que serve para todos os tipos de móveis, cores, sendo verniz ou cera.

*Por P&D

Receba nossas novidades, assine nossa newsletter!

Especial Mulher

Slider