Como garantir uma pele de princesa em seu dia da noiva

pele bonita

Como garantir uma pele de princesa em seu dia da noiva

Como garantir uma pele de princesa em seu dia da noiva? O casamento é uma data muito especial na vida de qualquer pessoa e a mulher quer estar radiante nessa ocasião. 

A sonhada pele de noiva perfeita requer alguns cuidados especiais e alguns tratamentos devem ser realizados com antecedência.

“Para estar com a pele linda no dia do casamento, recomendo iniciar agendando consulta com dermatologista. Nessa consulta serão indicados tratamentos e produtos adequados ao tipo de pele da paciente”, destaca a dermatologista Dra. Mariana Chambarelli, do Rio de Janeiro.

A médica indica alguns tratamentos para as noivas:

  • No caso de manchas poderá ser indicado realizar microagulhamento robótico, peeling, laser e uso de clareadores com boa antecedência à data do casamento. 
  • Para melhorar o contorno e sustentação da face, meses antes indico o tratamento com ultrassom micro e macrofocado, preenchedores e bioestimuladores de colágeno.
  • Para reduzir rugas e linhas de expressão, a aplicação de toxina botulínica.

Antecedência e planejamento são muito importantes. 

A dermatologista Dra. Mônica Fialho, do Rio de Janeiro, explica que para uma pele de noiva impecável pode ser indicado:

  • o clareamento de manchastratamento de cicatrizes de acnetratamentos para flacidez que visam o estímulo de colágeno

Dessa forma, conseguirmos uma melhora da pele e do contorno facial.

Para realizar todos os tratamentos é preciso um planejamento correto com, pelo menos, de seis a doze meses de antecedência da data do casamento.

A dermatologista Dra. Flávia Basílio, de Curitiba, recomenda uma atenção especial com os cabelos

“Com um ano de antecedência já pode ser realizada a avaliação inicial tanto do couro cabeludo quanto dos fios”.

Geralmente a maior preocupação é com a qualidade dos fios, mas as características do couro cabeludo também são importantes para o crescimento saudável dos cabelos. 

A realização do exame de tricoscopia nos dá informações como qualidade e espessura dos fios, presença de dermatite seborreia (caspa) e inflamações no couro cabeludo.

Em casos de queda de cabelo, são solicitados alguns exames laboratoriais complementares.

Para casos de perda capilar, os tratamentos mais indicados são medicações tópicas e de uso oral, que começam a agir em 3 a 6 meses.

Pode ser indicado também o uso de vitaminas, especialmente em casos em que há queda excessiva dos fios, alerta a médica.

De 6 a 9 meses antes:

  • em alguns casos, podem ser acrescentadas sessões de microinfusão de medicamentos no couro cabeludo (técnica que combina microagulhamento com infusão de medicamentos), realizadas mensalmente, para estímulo de crescimento dos fios. 

Faltando 3 meses:

  • é hora de intensificar os tratamentos para reconstrução, hidratação e nutrição dos fios, com máscaras de tratamento específicas para cada caso.

Por Redação

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Veja os últimos posts