Como estabelecer limites para o uso do vídeo game

816

Muitas famílias hoje em dia transferiram a responsabilidade de olhar o filho e ter um lazer com ele para o vídeo game. Muitas crianças passam o dia inteiro se divertindo sozinhos com os jogos e se esquecem de que existe lazer fora dali. O problema que os pais enfrentaram na década de 90 com a TV agora acontece com os Playstation e Xbox.

Mas como lidar com isso, especialmente aqueles pais que ficam o dia todo fora e não tem tempo a oportunidade de brincar com os filhos? Não existe uma formula correta, mas você vai encontrar aqui algumas dicas de como lidar e competir com esse lazer tão atrativo.

Hoje em dia as crianças se comunicam muito virtualmente e com os jogos não é diferente, é possível uma criança brincar com outra que está a quilômetros de distância e isso é até bom, principalmente para os filhos únicos. Mas deve haver um controle, não só do tempo, mas também dos jogos.

Não estamos dizendo que seus filhos não podem jogar vídeo game, até porque esse é um lazer muito bom. E existem estudos que comprovam que a criança que joga vídeo game consegue lidar melhor com os problemas futuro, além de muitos outros benefícios.

É por isso que seu filho não só pode como deve jogar vídeo game, se você tem a oportunidade de dar um para o seu filho não perca a chance, você só precisa saber lidar com isso. A primeira coisa que você deve fazer é combinar um horário para que a criança jogue, pode ser todos os dias ou apenas no final de semana, tudo vai depender de você e da criança.

Uma boa dica para definir o horário é ver como a criança está indo na escola, e também quanto tempo é necessário para fazer os deveres e estudar. Se a criança além da escola tiver outros compromissos como aulas particulares, curso de inglês, natação ou outro esporte, você deve fazer uma agenda para que nada fique de fora. O vídeo game não pode atrapalhar o os compromissos do seu filho, do mesmo jeito que a criança também deve ter um tempo de lazer para fazer o que ele mais gosta e também descansar.

Segundo especialistas e psicólogos a criança pode jogar até 1 hora por dia todos os dias e isso não vai atrapalhar em nada nos estudos e nenhum outro compromisso, e o ideal é que essas horas não passem de três. Não é saudável que a criança fique o dia todo na frente do vídeo game sem fazer mais nada. Eles também têm que mexer, e mesmo muitos jogos já tendo movimentos para fazer, os mais preferidos ainda são os que a criança fica sentada apenas mexendo os dedos.

A classificação
Outro grande problema é a classificação dos jogos, essa classificação é feita por quem entende e sabe que para certa idade o jogo não é bom. Mas mesmo assim, muito pais não respeitam e as vezes nem sabem que existe uma classificação. Assim como nos filmes, os jogos também são classificados, existem os que têm classificação livre, os para maiores de 14, os para maiores de 18, assim como os filmes.

Essa classificação deve ser seguida a risca, pode até parecer bobeira para você, mas muitos jogos tem violência extrema, tem drogas, sexo e dependendo da idade do seu filho, ver isso e jogar com isso, não vai ser bom.
O vídeo game é um lazer muito bom e recomendável, mas deve ser observado. Não deixe o seu filho o dia todo jogando, arrume outro lazer para ele.