Conheça os mitos e verdades sobre as varizes

steticlin-tratamento-varizes

Quem sofre com varizes sabe o que é ter a sensação de pernas pesadas. Mais comum em mulheres, o problema também pode afetar os homens e costuma ter causa hereditária. Porém, alguns hábitos podem provocar as varizes, como falta de atividade física, obesidade, tabagismo, assim como manter-se por longos períodos em pé ou sentado. De acordo com a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, elas afetam 45% das mulheres e 30% dos homens.

O problema é mais comum nos membros inferiores e ocorre com a dilatação das veias, causando o acúmulo do sangue. O resultado é ter ao longo do dia sensações como peso, queimação e cansaço. O problema costuma ser pior no final do dia e vem associado ou não ao edema (inchaço) de tornozelos e pés. A cirurgiã vascular Cláudia Fiorini, de Alphaville (SP), reuniu uma lista com mitos e verdades para esclarecer de uma vez por todas as dúvidas sobre o problema. Saiba mais:

Trombose tem relação com as varizes

Mito. Varizes, isoladamente, são consideradas de baixo risco para trombose. Costuma-se acreditar que um problema tem relação com o outro porque as pessoas acham que o sangue circula com dificuldade, mas as veias da trombose são diferentes das varizes.

Ficar muito tempo parado é ruim para a circulação

Verdade. Ficar muito tempo em pé também. O ideal é movimentar os membros inferiores a cada 90 ou 120 minutos. Não precisa ser uma caminhada. Podem ser movimentos como o de acelerar um carro repetidamente, por exemplo. A caminhada no fim do dia ajuda a circulação, mas não evita o problema.

Pegar sol nas pernas pode piorar a aparência das varizes

Mito. Não há nenhuma relação do sol com a piora das varizes. O que pode acontecer é que quando há aumento de temperatura, há vasodilatação e as varizes e vasos podem ficar mais aparentes sob influência do calor.

Mulheres sofrem mais de varizes do que os homens

Verdade. De acordo com a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, elas afetam 45% das mulheres e 30% dos homens.

Mulheres precisam ter mais cuidados do que homens com as varizes

Mito. Homens e mulheres precisam ter os mesmos cuidados, como controle do peso, exercícios regulares, evitar muito tempo em pé ou sentado, não fumar, evitar constipação intestinal (dieta rica em fibras), evitar hormônios anticoncepcionais (para mulheres).

Varizes podem evoluir para a chamada insuficiência venosa profunda

Verdade. Varizes superficiais não tratadas podem sobrecarregar o sistema venoso profundo, fazendo com que haja aumento de pressão nessas veias e, consequente, insuficiência.

Uso de meia elástica pode evitar o surgimento das varizes

Mito. A compressão elástica através de meias ajuda, principalmente, na melhora dos sintomas decorrentes das varizes. Não se pode dizer que evita o problema nem o agravamento.

Varizes podem voltar

Verdade. O processo de formação de varizes é contínuo e em mais de 70% dos casos relacionados à genética, ou seja, não tem cura. Recomenda-se o tratamento regular, pois outras varizes e vasos aparecerão no decorrer do tempo para as pessoas com essa tendência. Evitar fatores de risco como sedentarismo e obesidade também podem desacelerar o processo.

Salto alto pode provocar varizes

Mito. Salto alto não provoca varizes.

O tratamento de aplicação de espuma densa (escleroterapia) não precisa de internação

Verdade. A escleroterapia através da espuma densa é realizada no próprio consultório sem necessidade de internação, anestesia ou repouso, ou seja, durante o tratamento a vida do paciente não para.

Musculação pode provocar varizes?

Mito. Qualquer exercício físico feito de forma moderada com cargas e intensidades progressivas, assistidos por um profissional adequado,não provocam varizes.

É fácil identificar e tratar as varizes

Verdade. Na consulta médica o profissional avalia, através da anamnese e exame físico, a existência de varizes ou vasinhos, quantidades, calibres e sintomas. A partir daí, é possível ter uma estimativa inicial do número de sessões necessárias para tratar o problema.

O tratamento cirúrgico é sempre necessário

Mito. A escleroterapia trata qualquer tamanho ou quantidade de varizes e vasinhos, sem necessidade de cirurgia, internação, anestesia ou repouso.

A escleroterapia pode ser feita em pessoas de todas as idades

Verdade. O tratamento pode ser realizado em pessoas de qualquer idade, inclusive em idosos e em pessoas com problemas de saúde, pois procedimentos cirúrgicos não são aconselhados.

Subir escada causa varizes

Mito. Esse tipo de atividade física ajuda a circulação.

Os vasos que recebem espuma densa não voltam a dilatar

Verdade. O tratamento definitivo, ou seja, os vasos não voltam a dilatar.

As veias tratadas fazem falta?

Mito. Varizes são veias doentes, que não executam sua função com eficácia. Já existem outras veias suprindo as deficiências provocadas na circulação pelas veias varicosas. Retirá-las cirurgicamente ou “secá-las” não faz nenhuma falta, além de melhorar os sintomas causados pela doença venosa.

Receba nossas novidades, assine nossa newsletter!

Especial Mulher

Slider