De massinha no assoalho a pinturas nas paredes: 4 truques para limpar uma casa com crianças

Como limpar a sujeira das crianças

Brincar é um dos jeitos mais divertidos de aprender. É nesses momentos de descontração que as crianças desenvolvem habilidades motoras, sociais, emocionais e cognitivas, alem de favorecer a memória e a criatividade. Para que isso ocorra, as crianças precisam de liberdade para experimentar, inventar e -porque não?- se sujarem à vontade.

Isso não significa deixar a casa com camadas de massinha no assoalho, nem as paredes cobertas de hieróglifos. O coordenador técnico da rede de franquias de serviços domésticos Maria Brasileira, João Pedro Lúcio, ensina 4 truques para reverter os estragos causados pela sbrincadeiras mais comuns dentro de casa. Confira:

1. Uma tela gigante

Imagine a alegria de uma criança ao descobrir que a parede pode ser usada como uma enorme folha de papel. Se seu filho está transformando suas paredes em obras de arte, não se desespere, e tome cuidado com o que usa para limpar. “No desespero, os pais acabam usando qualquer produto de limpeza, mas não são todos que conseguem remover giz ou lápis de cor. Alguns produtos podem até manchar ou danificar a pintura”, diz João Pedro.

A solução para esse problema é mais simples do que se imagina. Segundo o profissional, existem duas maneiras super fáceis de remover das paredes as intervenções artísticas dos pequenos: o uso de um secador de cabelo ou de bicarbonato de sódio. No caso do giz, como ele é composto basicamente por parafina e tonalizantes, uma simples fonte de calor derreterá a pintura. “Mantenha o secador na temperatura morna por alguns segundos em frente ao desenho. Quando notar que o giz está começando a amolecer, remova com um pano úmido”, ensina. Já o bicarbonato é eficiente para lápis de cor. É preciso aplicar o composto em uma esponja úmida e esfregar levemente a área com movimentos circulares.

LEIA MAIS: A importância de brincar
Como criar um bom cidadão em 6 passos

2. Migalhas pelo chão

Crianças pequenas não têm muita coordenação, e costumam espalhar migalhas de lanchinho pela casa. Especialmente sobre tapetes e carpetes. O técnico da Maria Brasileira indica uma limpeza pesada a cada seis meses. “Mas pelo menos uma vez por semana, é necessário aspirar e aplicar soluções que removam quaisquer fontes de mofos e bactérias.”, diz João Pedro.

Por mais inofensivas que pareçam, migalhas são fontes de proliferação de mofos, e ainda podem atrair insetos. É um risco para crianças pequenas, que colocam tudo na boca. Se ingerir comida contaminada, elas podem ter infecções alimentares e dores de barriga. “Para não danificar os fios, ao invés de uma vassoura, o ideal é remover as sujeiras mais superficiais com um aspirador de pó. Depois disso, com uma escova macia, é preciso aplicar uma mistura de detergente e água em toda a superfície do tapete. Depois é só deixar secar no sol por alguns minutos”, diz.

3. Pé na terra

Brincar fora de casa, com total liberdade para se sujar, é fundamental para fortalecer o sistema imunológico. Em vez de tentar impedir a brincadeira, tenha na lavanderia alguns produtos básicos para tirar eventuais manchas do sofá e das cadeiras. “É possível utilizar a mesma solução indicada para os tapetes em estofados. Uma mistura de detergente e água pode livrar o sofá das marcas de mãos e pés sujos”, indica o profissional.

Segundo João, o ideal é que essa limpeza rápida seja feita sempre que o sofá ficar sujo. “Adiar a limpeza pode fazer com que os resíduos penetrem mais fundo, criem manchas permanentes ou exijam uma limpeza profissional.” Já uma limpeza mais pesada, para tirar marcas mais difíceis, o ideal é chamar uma empresa especializada ao menos uma vez por mês.

4. Massa fresca

Brincar de massinha é uma delícia, mas recolher todos os pedacinhos espalhados pela casa e pelos vãos do assoalho não é lá tão divertido… João Pedro indica limpar a sujeira de imediato, pois uma massinha que fica muito tempo no piso acaba impregnando no local. “Um pano com álcool fará com que o material amoleça e seja retirado com maior facilidade”, instrui.