Desistir jamais! Foco é uma característica dos persistentes.

woman-865021_1280

Por Lilian Schiavo

Conhece a Lei de Murphy? Na cultura ocidental é citada como “Qualquer coisa que possa ocorrer mal, ocorrerá mal, no pior momento possível.” Wikipedia.

Confesso que a primeira vez que ouvi sobre a lei achei engraçado, exemplificavam com situações como o pão sempre cai com a manteiga para baixo ou você nunca encontrar uma roupa ou objeto perdido até substituí-lo. Já aconteceu com você? Passou meses procurando um livro que você tem certeza que comprou mas não leu e agora precisa dele, então se convence que precisa comprar outro…pronto! Encontra o livro depois que adquire um novo, agora você pode até presentear alguém com esse.

Esta introdução é só para dizer que eu sou igual a você e às vezes me deparo com situações em que parece que entrei no âmago da Lei da Murphy!!!
Está dando tudo errado! Imprevistos acontecem, seus prazos estão acabando, você não conseguiu solucionar seus problemas e para completar o caos as pessoas em que você acreditou não tem capacidade de cumprir o prometido.
E agora? Vai comprar uma passagem para o Pólo Norte? Vai desistir, jogar a camisa e se esconder?

Isso é para os fracos!

Na faculdade me deram o apelido de trator, confesso que não gostei, imaginei que era algo ruim, afinal, um trator não parece comigo!! É grande e eu sou pequena, tem aquelas rodas gigantes e eu tenho pernas fininhas, na verdade acho o trator feio, desengonçado e barulhento. Então me explicaram que a comparação surgiu porque tinham a impressão que nas situações mais complicadas e difíceis eu ligava o motor, engatava a primeira marcha e ia em frente, não parava até atingir o meu objetivo, esclareceram  ainda que eu não triturava pessoas, só obstáculos. Ufa, que alívio!

Levei um susto com essa definição mas no fundo entendi que atingir um foco era uma característica dos persistentes.

Então, no meio de um furacão encontro uma profissional que causa admiração. Na primeira frase ela diz que gosta de trabalhar sob pressão, que prazos curtos são excitantes , é uma workaholic assumida, uma pessoa que é movida a desafios e fabrica endorfinas encontrando soluções.

Enquanto a maioria das pessoas tem medo e se desespera, ela encara o problema com uma tranquilidade oriental, fica indignada com injustiças e covardias, pega uma dose dupla de coragem e decola como um foguete, então, nem o céu é limite.

A diferença dela com a maioria das pessoas é o olhar, enquanto nós temos um complexo de inferioridade achando que não somos capazes e olhamos para o espelho como se fossemos invisíveis, ela se enxerga como uma gigante, uma águia que olha do alto e tem uma visão privilegiada, uma líder com uma rota traçada para a vitória, passo a passo, ela sabe como chegar lá.

Acredito que se você teve a curiosidade de ler esse texto é porque às vezes tem a impressão que se transformou numa panela de pressão prestes a explodir… devo dizer que você não está sozinha, muito pelo contrário, enfrentamos batalhas diárias, nos trancamos no banheiro para chorar, imaginamos que o mundo desabou e agora acabou tudo, ficamos sem chances de ser feliz.

Nada é fácil, você sabia que o caminho podia ficar tortuoso, então, arme-se com um sorriso, tome uma dose cavalar de esperança, não pare. Lembre que Thomas Edison teve 1001 tentativas fracassadas antes de conseguir êxito na invenção da lâmpada, imagine se ele tivesse parado na 20ª tentativa? Estaríamos até agora com velas e lamparinas.

Walt Disney foi demitido de um jornal por falta de criatividade. Honda não teria criado sua marca de carros se não tivesse fracassado na entrevista de emprego na fábrica da Toyota. Stephen King recebeu no mínimo 30 recusas antes de conseguir publicar o seu primeiro livro. K. Rowling, a bilionária escritora da série Harry Potter, era uma mãe solteira, divorciada, deprimida e falida quando resolveu começar a escrever.

Quantos projetos foram enterrados por falta de coragem, quantas vezes você desistiu antes de tentar? Só de imaginar o fracasso você achou melhor esquecer o seu sonho?

Canalize essa energia, transforme o desespero em criatividade, chame uma amiga para tomar café e desabafe, ouça o que ela tem a dizer. Espero que tenha escolhido alguém positiva, com mestrado em esperança e força.

“Mesmo desacreditado e ignorado por todos, não posso desistir,
pois para mim, vencer é nunca desistir.” Albert Einstein