Dia dos Pais: a importância deste elo na educação dos filhos

Dia dos Pais: a importância deste elo na educação dos filhos

Dia dos Pais: a importância deste elo na educação dos filhos

Presença paterna no processo de aprendizagem ajuda na construção de afetos e na demonstração de bons exemplos

Dia dos Pais: a importância deste elo na educação dos filhos. Durante a pandemia da covid-19, crianças e adolescentes precisaram se adaptar a uma nova forma de aprendizado, por meio do ensino virtual – algo que deve ser mantido, em parte, como um sistema híbrido de ensino, com aulas online e presenciais convivendo de forma harmônica.

Com isso, diversas famílias precisaram se adaptar a essa nova realidade, como forma de participar e de auxiliar no processo educacional. Para celebrar este Dia dos Pais, em 09 de agosto, que ocorre num momento atípico, trouxemos uma reflexão sobre a influência e importância da figura paterna na vida e no processo de aprendizado das crianças e adolescentes.

“Os pais são responsáveis por construírem uma base segura para os filhos em casa. É a partir desta formação, repleta de princípios e de valores fundamentais para a vida em comunidade, que a criança ou o adolescente poderá desenvolver suas próprias ferramentas para explorar o mundo externo”, afirma a diretora de Educação Básica do Colégio Presbiteriano Mackenzie (CPM) São Paulo, Márcia Régis.

Durante o processo de aprendizado, os jovens estudantes costumam procurar por referências, exemplos, além de um porto seguro. Ou seja, é necessário terem um espelho e uma rocha sobre a qual possam construir toda a estrutura de seu conhecimento.

Ser um exemplo influencia em diversas áreas, inclusive na leitura. Wagner Zanelatto, por exemplo, que é pai do Enzo, aluno do 2º ano do CPM São Paulo, concorda com o papel de referência que os pais possuem. Por isso, faz questão de estar presente e colabora com o aprendizado de seu filho.

“Gosto muito de ler e a minha prática tem levado meu filho a gostar da leitura também. Já temos frequentado algumas livrarias, comprado livros para lermos juntos e para ele ler sozinho”, declara.

Neste período de pandemia, pai e filho têm aproveitado para colocarem as leituras em dia, estão, agora, concentrados em ler As Crônicas de Nárnia. Enzo também lê, sozinho, outros livros. “O que tem sido legal são as metas que ele estabelece de páginas por dia. Vejo que isto tem incentivado o seu crescimento estudantil”, conclui Wagner.

Para a diretora do Colégio Instituto Cristão de Castro, além de serem um exemplo e porto seguro, os pais também precisam transmitir carinho e afeto, o que é extremamente positivo para os jovens. “A participação efetiva do pai na vida de um filho promove segurança, autoestima, independência e estabilidade emocional”, explica.

A diretora da unidade Tamboré do CPM, Vera Mendes, diz quais as melhores maneiras para os pais se manterem presentes. “Acompanhando seu cotidiano escolar, conhecendo e valorizando suas ideias, sentimentos e desafios. Seguras de seu valor, as crianças têm mais condições de desenvolver todo o seu potencial”, declara.

Luiz Carlos Campos, pai do aluno Lucas, do 3º ano do CPM Tamboré, entende como é importante acompanhar o ensino dos filhos. “Sempre pergunto como foi o dia na escola, converso sobre as tarefas e as atividades, participo das reuniões e eventos organizados pelo Colégio”, explica.

Em um desses papos, ele percebeu que o rendimento escolar do filho estava diferente e, após uma conversa com a coordenadora do segmento, logo conseguiram uma mudança de turma, que foi extremamente benéfico para a criança.

Mesmo com as restrições provocadas pela pandemia do coronavírus, os pais receberão as homenagens dos Colégios Presbiterianos Mackenzie. Cada unidade prepara uma forma de demonstrar carinho, admiração, amor e afeto para os papais.

Cartões, vídeos e até um drive thru estão entre as diversas formas que os alunos do CPM terão para dizer um gostoso “eu te amo” para os papais.

*Por Colégios Presbiterianos Mackenzie

https://m.polishop.vc/novafamilia/

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts

Antifrágil

Antifrágil. Vivemos no mundo VUCA com quatro características: volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade. Você já deve ter observado que tudo mudou e a essa altura

Continuar Lendo »