Dia Mundial do Rádio: uma homenagem a quem traz informação e alegria

Dia Mundial do rádio: uma homenagem a quem traz informação e alegria

Dia Mundial do Rádio: uma homenagem a quem traz informação e alegria

Dia Mundial do Rádio: uma homenagem a quem traz informação e alegria. Apesar de ter mais de 100 anos, o rádio é uma das formas mais populares de trocar informações, proporcionar intercâmbio social e educar pessoas em todo o mundo.

Ele foi usado para ajudar multidões, incluindo os jovens, a se envolver em discussões sobre tópicos que os afetam. Ele pode salvar vidas durante momentos emblemáticos e oferece aos jornalistas uma plataforma para relatar fatos e contar suas histórias.

Por toda sua contribuição ao mundo, a 36ª sessão da Conferência Geral da UNESCO proclamou o 13 de fevereiro como o Dia Mundial da Rádio. Porém, a Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) endossou a data em 14 de janeiro de 2013 somente.

Depois disso, na 67ª sessão da Assembleia Geral da ONU, foi adotada uma resolução para proclamar o dia 13 de fevereiro como o Dia Mundial da Rádio.

No Brasil, a primeira rádio foi fundada pela empresária Anna Khoury, em janeiro de 1955, sendo a primeira emissora FM instalada na América Latina. Até a década de 1970, a Imprensa FM realizava sua transmissão em circuito fechado, por meio de serviço de assinatura de música ambiente para escritórios e lojas.

A ideia foi bem aceita pelo mercado e, até 1976, a transmissão da Rádio Imprensa, única emissora em FM, era exclusivamente musical, sem qualquer locução. Com o “boom” das FMs, outras emissoras começaram a surgir, 20 anos após a inauguração da Rádio Imprensa FM.

Pioneira mais uma vez, a rádio passou a transmitir na mesma onda com 2 canais, um para livre recepção do público e outro codificado, destinado somente aos clientes assinantes de música ambiente.

Desta forma, a emissora busca agradar aos amantes do sertanejo, quem não abre mão de um pagode, quem adora samba, quem curte MBP e quem aprecia pop rock e sucessos internacionais. Além disso, a equipe da rádio Imprensa FM fala a língua de todos esses públicos.

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts