Dicas para acertar na iluminação residencial

iluminação residencial

Dicas para acertar na iluminação residencial

Dicas para acertar na iluminação residencial. A iluminação residencial é fundamental para compor uma boa decoração. Afinal, a luz tem papel muito importante para gerar conforto e aumentar a funcionalidade dos ambientes. Desse modo, contribui com o bem-estar e com a qualidade de vida dos moradores da casa. Além disso, valoriza a estética, conferindo um ar de requinte e sofisticação a qualquer cômodo.

Para conseguir esse efeito, é preciso prestar atenção na quantidade de luz em cada espaço, sua tonalidade, direção e objetos que fornecem luminosidade. Sabendo disso a Construtora Trisul listou as 4 melhores dicas de iluminação para o seu lar! Confira:

1. Avalie o ambiente

O primeiro passo para não errar na iluminação residencial é analisar cada cômodo. Isto é, levar em consideração a função que o espaço terá, as atividades a serem realizadas ali, o clima desejado e os objetos a serem destacados. Por exemplo: a iluminação para quarto de casal deve dar a sensação de intimidade e aconchego.

Já a de um ambiente de estudo ou home office deve favorecer a concentração e não permitir o cansaço dos olhos. Para espaços como cozinha e banheiro, além da luminosidade geral, deve-se acrescentar outras em locais específicos, como sobre a bancada de preparo dos alimentos, ilha e ao redor do espelho.

2. Opte por lâmpadas econômicas

A economia é fator indispensável em qualquer construção, seja residencial, seja comercial. Sendo assim, a iluminação deve ser feita com lâmpadas econômicas e com boa longevidade. O ideal é aproveitar a luz natural sempre que possível e utilizar lâmpadas de LED.

Isso porque é a tecnologia mais recente do mercado, com baixo consumo de energia e excelente durabilidade. Ainda, a luz das lâmpadas LED é livre de raios ultravioletas e infravermelhos. Como há uma grande variedade de opções de cores e efeitos, podem ser instaladas em qualquer tipo de ambiente.

3. Escolha a temperatura da cor

A temperatura da cor é a grande responsável por gerar a sensação de conforto em ambientes mais íntimos e dar o foco necessário para espaços de serviço. Assim, quartos e salas de estar requerem lâmpadas com tonalidade amarelada porque ela confere mais aconchego, deixa o cômodo mais intimista e promove o relaxamento.

Espaço para estudo ou trabalho, cozinha, banheiro e área de serviço devem ter luzes em tom branco-azulado, pois elas fazem com que a atenção seja despertada. Há um tom chamado neutro, que é um meio-termo entre o branco-azulado e o amarelo, que pode ser aplicado em qualquer ambiente porque traz as qualidades das duas temperaturas citadas anteriormente.

4. Utilize luzes indiretas

A luz geral é centralizada, forte e tem função de iluminar todo o ambiente. Entretanto, se você deseja valorizar a arquitetura do lar, a decoração e ter um ambiente requintado e com sofisticação, aposte na iluminação indireta, que reflete em alguma superfície e se amplia pelo ambiente.

Para isso, é preciso a instalação de objetos nos locais certos, como lustre para sala de jantar, pendente para o quarto, arandelas, luminárias e abajures. O resultado será uma luz suave, difusa e com grande conforto visual.

Em suma, a iluminação residencial pode modificar o aspecto de uma peça. Então, é necessário que seja planejada de acordo com cada ambiente, pensando em sua funcionalidade e sensações desejadas. Ao seguir as nossas dicas, certamente você conseguirá criar ambientes elegantes e com muito aconchego, seja qual for o uso do local.

*Por Trisul

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts