Arroz: tudo o que você precisa saber sobre o grão mais usado do Brasil

O arroz é um dos acompanhamentos mais consumidos no Brasil. As variedades branca, parboilizado e integral são as mais populares

281

O arroz é um dos acompanhamentos mais consumidos no Brasil. As variedades branca, parboilizado e integral são as mais populares, mas hoje estão disponíveis no mercado e começam a ser conhecidos diversos tipos desses grãos que permitem variar o cardápio

Cada variedade tem sua característica e seu modo de preparo. Por isso, uma regra única de cozimento não vale para todos os tipos e é importante conhecê-las para garantir um prato gostoso e saudável.

Sobre o arroz:

Rico em amido, um tipo de carboidrato complexo que apresenta papel importante no fornecimento de energia ao organismo, o arroz também fornece boas quantidades de metionina, aminoácido essencial para construção das células e músculos, vitamina B1 e magnésio. “Podemos dizer que o arroz funciona como um combustível para o organismo. O amido fornece energia, enquanto a vitamina B1, conhecida por tiamina, ajuda na conversão do carboidrato em energia, o que garante aumento da disposição mental, manutenção do funcionamento do sistema nervoso, músculos, coração, e, nas crianças, participa do processo de crescimento. Já o magnésio é um mineral que está envolvido em atividades neuromusculares, que controlam as batidas do coração e na coagulação do sangue, além de ser necessário para a formação dos ossos”, explica Beatriz Botéquio, nutricionista e consultora da Camil.

Principais tipos

Branco – grão macio, fonte de carboidratos

Integral – rico em fibras, vitaminas e minerais

Parbolizado – preserva os nutrientes do grão integral

Vermelho – variedade do arroz integral

Preto – grão curto, arredondado e de textura firme

Selvagem – mais duro e resistente que o arroz comum

Bastami – mais aromático e comprido que o arroz tradicional

Carnaroli – grãos pequenos e encorpados, com grande quantidade de amido