A Endometriose do ponto de vista de um especialista

Médico relata a realidade vivenciada pelas portadoras da doença crônica

Cercada por preconceitos, mitos, falta de conhecimento e tabus, a Endometriose afeta não somente a vidas das mulheres, mas a de todos que estão ao seu redor, trazendo dores incapacitantes, não somente físicas, mas também psicológicas. Dr. Patrick Bellelis, ginecologista especialista no assunto, explica que a doença, caso não diagnosticada e devidamente tratada, traz graves consequências para a vida da mulher, sejam relacionadas às dores ou decorrentes das relações sociais.

“Prezo pelo movimento de trazer a “voz” à esta doença crônica, que se manifesta silenciosamente e só é descoberta em estágios avançados, quando já comprometeu a vida da mulher”, afirma o especialista.

Diariamente mulheres enfrentam a batalha que é conviver com a Endometriose, além de intensas dores, o preconceito, a falta de compreensão e o desamparo também estão presentes. “Infelizmente essa é uma realidade que escuto em meu consultório, muitos não acreditam naquilo que essas mulheres sentem e nem imaginam que por isso desencadeiam outros sintomas nelas, os de ansiedade e depressão, por este motivo sempre incentivo a participação de familiares no tratamento. O apoio e a compreensão, sem dúvidas, também são remédios fundamentais.” relata o médico.

O profissional também indica um acompanhamento multidisciplinar, envolvendo auxílio psicológico e, se necessário, psiquiátrico, já que as consequências da doença abalam emocionalmente as mulheres, inclusive na feminilidade, pois pode haver impacto na vida sexual e na autoestima.

Ainda de acordo com o médico, mulheres portadoras de Endometriose podem sim ter uma vida mais leve e livre de dores físicas e psicológicas. Hoje a medicina proporciona tratamentos eficazes e que devolvem à mulher a qualidade de vida. “Claro que, quanto mais precoce o diagnóstico, mais efetivo será o tratamento, por isso friso a importância das mulheres visitarem regularmente seu ginecologista de confiança” destaca o Dr.

A Endometriose é de difícil compreensão para aqueles que não a vivenciam. Já os que convivem, compreendem e caminham ao lado dessas mulheres, sabem o quão fortes são.

Mulheres, lembrem-se: sentir dores intensas não é e não deve ser considerado normal! Fiquem atentas aos principais sintomas da Endometriose: Cólicas menstruais fortes, dores na relação sexual, dor pélvica, infertilidade, alterações urinárias e intestinais, ou seja, dor ou sangramento na evacuação ou na urina durante o fluxo menstrual. Caso manifestem sintomas, não deixem de procurar pelo ginecologista.