Especialista tira dúvidas sobre micropigmentação

sobrancelhas

Especialista tira dúvidas sobre micropigmentação

Especialista tira dúvidas sobre micropigmentação. A micropigmentação é uma evolução da maquiagem definitiva – técnica que foi usada há alguns anos.

“Hoje o procedimento é feito em uma camada mais superficial e trabalhamos com pigmentos próprios para esta técnica”.

É o que explica Deise Damas, especialista em micropigmentação, professora da técnica no Brasil e no exterior.

Um dos procedimentos mais procurados é o que visa a realçar ou preencher falhas nas sobrancelhas. 

A especialista explica as principais dúvidas e indica os principais benefícios da técnica.

Qual técnica usar?

Para alcançar o efeito desejado nas sobrancelhas, avalio cada paciente e indico o que melhor se adequa às suas necessidades e características:

  • temos a técnica compacta, que deixa as sobrancelhas bem marcadas;
  • shadow, que dá um leve efeito de maquiagem;
  • ombré, que é mais clara em alguns pontos;
  • 3D, que desenha os fios simétrica e assimetricamente, dando um leve efeito sombreado ao fundo;
  • a técnica fio a fio, onde os fios são feitos na mesma direção dos pelos existentes, gerando a ilusão de sobrancelhas mais cheias;
  • e a mix, que é uma combinação da fio a fio com a shadow.

A micropigmentação pode ser feita em qualquer tonalidade?

Existem diversos tipos e cores de pigmentos, incluindo orgânicos e inorgânicos.

Na técnica, a profissional deve levar em conta sempre a cor da pele, do cabelo e dos pelos naturais da sobrancelha, explica Deise Damas.

A micropigmentação substitui a maquiagem no dia a dia?

Para quem não deixa de preencher as sobrancelhas com maquiagem mas precisa de uma rotina mais prática, técnicas como Shadow, Ombré e Mix substituem a make, explica Deise Damas.

“A primeira, por exemplo, deixa um efeito sombreado, dando um efeito de mais volume na região.Já a ombré é uma micropigmentação no formato degradê, usando um tom mais escuro no arco da sobrancelha e mais claro nas extremidades”.

Alguém que tenha poucos pelos nas sobrancelhas pode fazer micropgimentação ?

Entendo que o profissional deve sempre se basear nas medidas do rosto e de pelos de outras partes do corpo para decidir qual a melhor opção de cor e espessura dos fios.

Quem tem poucos pelos pode sim investir no procedimento e obter ótimos resultados.

A micropigmentação pode ser feita em qualquer pessoa?

Qualquer pessoa, com qualquer tipo de pele, pode fazer a micropigmentação.

O procedimento pode ser feito inclusive por gestantes, portadores de diabetes ou quem faz uso de remédios anticoagulantes, desde que com liberação médica, alerta a especialista.

É preciso fazer retoques?

Explico sempre que o efeito da micropgimentação dura, em média, de seis meses a dois anos, dependendo da cliente, e não é necessário o retoque ao longo desse período.

O retoque só é feito no primeiro mês, quando o profissional marca uma avaliação para ver como ficou o desenho após a cicatrização.

Quais são os cuidados necessários após a micropigmentação?

Não se deve ter exposição ao sol durante os primeiros quinze dias.

Recomendo aos clientes evitar praia, piscina, jamais coçar a região ou retirar a casquinha da cicatrização, além de não passar produtos com ácidos na primeira semana, explica.

As sobrancelhas ficam muito escuras nos primeiros dias. O que fazer?

Logo após a micropigmentação, a região das sobrancelhas costuma, sim, ficar muito escura.  Não há nada de errado.

Quando a região estiver cicatrizada é normal ocorrer um clareamento de cerca de 30% na cor, explica Deise Damas.

Por Redação

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts

Antifrágil

Antifrágil. Vivemos no mundo VUCA com quatro características: volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade. Você já deve ter observado que tudo mudou e a essa altura

Continuar Lendo »