Esporte, Síndrome de Down e Liderança

Esporte, Síndrome de Down

Candidato da Espanha ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 2019, ‘Campeões’, do diretror Javier Fesser, junta, com raro talento, três temas: esporte, Síndrome de Down e liderança. Tudo se articula na narrativa de um técnico de basquete profissional sentenciado a prestar serviços comunitários junto a uma equipe de portadores de Síndrome de Down.

Adaptar seus métodos e comportamentos cristalizados no esporte de alto rendimento a pessoas com outros tipos de habilidades conduz a uma jornada interior que emociona sem pieguice. Cada um dos dez integrantes do time tem sua própria história e a dificuldade de saber lidar com essas diferenças constitui um aprendizado.

Cada personagem, interpretado por portadores de Down mostra uma faceta, que inclui desde o entendimento literal de frases do treinador a momentos de paralisia ou ausência que podem ocorrer no meio de um treinamento ou de uma partida. Além disso, o imaturo treinador, receoso de ter filhos por ter sido abandonado pelo próprio pai, passa a ser a figura paterna da equipe.

O basquete torna-se a linguagem comum a unir ao grupo e os resultados, que incluem a disputa da final de um torneio nas paradisíacas Ilhas Canárias, passam a ser o mesmo importante perante a construção de um espírito de coletividade em que o líder aprende o tempo todo a lidar com as idiossincrasias individuais para fazer o coletivo funcionar. Acredite! Este filme é realmente imperdível!

Oscar D’Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Comentários