Foco e concentração são decisivos para o sucesso no esporte!

640

Para cumprir uma tarefa mais complexa ou atingir objetivos profissionais é preciso ter foco e concentração, certo? No esporte, não é diferente. Chegar ao topo do pódio exige muito trabalho e dedicação. Atletas de alto desempenho não fazem apenas treinos físicos e técnicos. Eles também aprendem a controlar a mente. Têm que estar preparados emocionalmente para enfrentar a pressão dos adversários e da torcida, o medo da derrota, os altos e baixos de uma competição.

Com a preparação adequada, é possível, mesmo em condições extremas, manter a concentração no mais alto nível. E esse é um dos principais fatores para o desenvolvimento e o sucesso do atleta. A psicologia cognitiva explica que a concentração acontece por meio de dois sistemas: o implícito e o explícito. No primeiro, a capacidade de concentração é limitada e a aprendizagem se dá pela prática e a experiência. Ou seja, fazendo e aprendendo.

Já no sistema explícito, a captação e o processamento das informações acontecem paralelamente e a aprendizagem é mais consciente, por meio da aplicação de regras. Como no tênis, por exemplo, em que há um conjunto de movimentos determinados durante toda a partida, desde o momento de entrar na quadra até o fim do jogo.

Mas, seja qual for a modalidade, no esporte, a concentração é sempre produto do sistema explícito. Isso quer dizer que as informações e o foco são processados de maneira consciente e intencional, tendo como alvo aquilo que é mais importante em cada situação.

Os quatros aspectos mais importantes da concentração humana são:

Seletividade: focar no essencial, como por exemplo, no futebol, o momento do pênalti. Também é importante filtrar tudo o que não seja essencial, como gritos da torcida adversária.

Manutenção ao longo do tempo: manter o foco durante toda a competição pode ser difícil, já que a concentração requer muita energia, equilíbrio mental e corporal. Mas, pode ser construída com a prática de exercícios sistemáticos.

Largura: o foco de atenção determina se estamos concentrados em apenas um elemento de alta intensidade, como chutar o pênalti, ou em vários de menor intensidade, como vaias do público, medo de críticas etc.

Direção: é o que determina se estamos focados no que está dentro de nós mesmos, como os nossos sentimentos e o nervosismo, ou no que está do lado de fora.

Dicas para os atletas melhorarem sua concentração e foco:

  • Aproveite as pequenas pausas para preparar-se para o próximo passo da competição.
  • Mantenha o foco na ação seguinte a ser praticada e pense no aqui e agora.
  • Exercite o controle dos olhos. Um olhar firme ajuda na concentração.
  • Adote práticas de autocontrole e observe seus pensamentos.
  • Use sempre uma palavra para se automotivar.
  • Pratique a concentração. Ela é uma habilidade que pode ser treinada e, para isso, é importante que o atleta também tenha  equilíbrio emocional e esteja mentalmente forte no seu Eu.

Francisca de Lima é psicoterapeuta e Coach mental para atletas e vive na Alemanha.