Glúten faz mal?

doença celíaca

Glúten faz mal?

Alimentos sem glúten são cada vez mais comuns devido ao aumento de pessoas intolerantes ao componente que é utilizado em alimentos que são produzidos com trigo, cevada e centeio.

O glúten não costuma causar reações maléficas no corpo humano, mas nosso consumo excessivo e novas pesquisas vem indicando o contrário.

Para aqueles que têm a doença celíaca, sensibilidade não celíaca ao glúten e alergia ao trigo, os malefícios para a saúde são enormes.

Alguns deles muito sérios, como câncer de intestino, infertilidade, anemia profunda, entre outros.

O diagnóstico correto e a dieta totalmente isenta de glúten é primordial para a saúde dessas pessoas.

“Sem glúten não é mimimi”, conta Débora Trinkaus, diretora comercial da Nutfree Alimentos Saudáveis.

  • Quando o consumo de algum ingrediente se torna um problema, é preciso aprender a lidar com isso:

Nossa relação com a comida é muito emocional:

  • fico muito feliz de ver o mercado de alimentação saudável crescendo e focando naqueles que tem alguma restrição.

“O ideal é que todos estejamos mais cientes do que acontece em nosso corpo e do que consumimos, não passar a optar por opções mais saudáveis apenas quando há alguma complicação”, explica Débora.

Não tem jeito, é a única saída para manter a saúde em dia e envelhecer com qualidade de vida.

“Na Nutfree, todos os alimentos são gluten-free, sem corantes, sem lactose, sem caseína e outros aditivos, mas o sabor não se perde, temos opções sem açúcar e veganas, a Nutfree é para todos”, finaliza Débora.

Por Redação

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts

Espelho Mágico

“Espelho, espelho meu existe alguém mais bonita(o) do que eu?” O espelho encantado não foi colocado em uma prateleira vazia, mas se esconde dentro de

Continuar Lendo »