A importância do networking

1152
Lilian Schiavo: A importância do networking

Networking é uma palavra de origem inglesa e vem da fusão de “net” que significa rede e “working” que significa trabalho, ou seja, é a conexão  com algo ou alguém.

Certamente você já deve ter ouvido que ter uma ampla rede de contatos ou networking vale ouro, mas será que sabemos como ampliar e usar essa ferramenta?

Qual o seu comportamento quando vai para uma palestra ou evento corporativo?

Você se senta no fundo da sala, distante de todos, de preferência no corredor, coloca a bolsa na cadeira ao lado para não ter vizinhos nem correr o risco de ter que conversar com alguém?

A questão não é de timidez, sei que é difícil entabular um diálogo com pessoas desconhecidas, mas neste caso acredito que se você se inscreveu num evento não foi só para aprender mas também para ampliar seu networking, trocar ideias, encontrar soluções e adquirir novos conhecimentos.

Uma vez ouvi de um assíduo frequentador de congressos e exímio colecionador de cartões de visita que o melhor lugar para ficar é próximo das mesas de café, sempre que chega num evento lá vai ele pedir cartões das pessoas entre goles de café e biscoitos.

Eu discordo desta postura, pode ser que ele volte para casa com dezenas de cartões e depois não saiba o que fazer com eles a não ser colocar numa pasta inútil.

Conheço pessoas que pegam um cartão e imediatamente anotam alguma coisa: o evento, uma característica da pessoa, qualquer coisa que a ajude a identificar este contato posteriormente. Em eventos internacionais é normal receber cartões onde consta a fotografia da pessoa, isso com certeza ajuda mas não resolve…

Quantas de nós pegamos cartões e depois não conseguimos lembrar de quem eram?

Neste mundo acelerado onde as pessoas querem ganhar tempo e se irritam com filas de espera, onde a paciência não é vista como uma virtude indispensável e a cobrança por respostas rápidas às vezes te impede de raciocinar devemos criar um oásis de tranquilidade.

Prefiro olhar nos olhos, entender quem é a pessoa e o que ela faz, se posso ajudar …afinal, tudo nesta vida funciona com reciprocidade, os egoístas ficam sozinhos.

Aproveite a hora do almoço num congresso e sente com pessoas que você não conhece, ouça a história delas, conte a sua, divida seus anseios e sonhos, pode ser que surja uma parceria, uma nova amizade.

Ao invés de ficar me apresentando para quinhentas pessoas converso com uma de cada vez, sem pressa, o objetivo é estabelecer uma sólida rede de contatos, pense que se daqui a um mês essa pessoa entrar em contato você imediatamente se lembrará  pois vocês criaram um laço.

De que adianta ter o cartão de visita do presidente de uma empresa se quando você enviar um e-mail ele provavelmente nem vai abrir?

Segundo Max Gehringer, “networking é uma questão de paciência e não urgência”, é saber cultivar relacionamentos, é preciso criar um clima de confiança mútua, uma relação de troca, uma doação de tempo.

É manter contato permanentemente, deixar o outro  te conhecer, saber exatamente qual é o seu trabalho e seus projetos futuros, desta forma se surgirem novas oportunidades você será lembrada.

Manter e ampliar o networking exige dedicação, você precisa ser vista para ser lembrada, portanto, aceite os convites que receber para eventos específicos da sua área de atuação,  pode ser congressos ou happy hour, anime-se, coloque um sorriso no rosto e vá!

Envie mensagens para as novas pessoas que você conheceu no dia seguinte ao evento e se possível participe de suas redes sociais, esta é uma forma de não perder o vínculo.

Seja sempre você mesma,  diga a verdade, não invente nada, não fale mal de concorrentes, seja útil, e lembre-se que em tempos de compliance, ser ética faz toda a diferença!

Conseguir uma rede de bons contatos é um exercício, é a somatória de toda uma vida, engloba sua família, amigos de escola, de clube, de faculdade, de viagens… o resultado pode ser surpreendente.

Use a sua rede para recolocar uma amiga que está desempregada, para estabelecer parcerias, para uma ação social ou compartilhar informações para carreira e negócios.

Importante ter sabedoria, trate a todos com igual importância, lembre que o presidente da empresa pode ter sido um office boy que você destratou porque ocupava um cargo inferior, a vida é uma roda gigante, hoje estamos embaixo e amanhã estaremos no alto.

Finalizo com uma frase que li e resume como devemos nos comportar.

“Networking é a arte de ser interessante, sem ser interesseiro.”

Artigo anteriorChampions LiGay – Jogando futebol contra a homofobia
Próximo artigoÚLTIMAS EMOÇÕES – Novela SEGUNDO SOL
Presidente da OBME- Organização Brasileira de Mulheres Empresárias. Embaixadora da Paz, vice-presidente do ICS Solutions. Integrante do Conselho Consultivo do IBREI - Instituto Brasileiro de Relações Empresariais Internacionais. Membro do ALC - Asian Ladies Club. Foi diretora do SINDHOSP - Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo-, e juíza classista na Justiça do Trabalho 2ª região. Arquiteta formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, bacharel em administração hospitalar pelo IPH - Instituto de Pesquisas e Desenvolvimento Hospitalares e pós-graduada em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho. Grande experiência em administração na área da saúde.