Em up front da programadora, transmissão de 42 jogos nos canais Space , TNT e EI Plus teve destaque

As transmissões do Campeonato Brasileiro na TV por assinatura estarão dividas em duas programadoras a partir de 2019. Após um longo período de negociação feito pelo Esporte Interativo com clubes brasileiros, a Turner firmou um acordo com sete clubes da primeira divisão do torneio e oferecerá aos assinantes de seus canais 42 partidas ao vivo. O SporTV, que por anos exibiu com exclusividade o Brasileirão na TV paga, manteve o contrato com os 13 outros clubes da Série A e continua com os direitos de transmissão da maior parte dos jogos do campeonato.

O Brasileirão foi o protagonista do MindNation, evento promovido pela Turner – e direcionado ao mercado publicitário – realizado na noite dessa terça-feira, 27, em São Paulo. Com o intuito de apresentar a programação e novidades dos canais da programadora no próximo ano, o encontro destacou as intenções da companhia de tornar o esporte um de seus mais importantes pilares de negócios.

Superstation: a nova estratégia da Turner no Brasil

“Pela primeira vez em muitos anos o Campeonato Brasileiro vai estar em outro player. Acreditamos que isso irá trazer mais emoção aos fãs do futebol e mais opção aos anunciantes. Oferecemos o melhor produto televisivo que o mercado e o público puderem imaginar”, prometeu Antonio Barreto, country manager da Turner no Brasil.

A Turner manterá a estratégia anunciada em agosto, quando o canal Esporte Interativo deixou de ser exibido na grade linear de TV: concentrar as transmissões esportivas nos canais Space e TNT, balanceando-as com conteúdos de filmes e séries dos canais.

Dos 20 clubes que disputarão a Série A do Brasileirão em 2019, sete firmaram acordo com a Turner: Ceará, Bahia, Santos, Internacional, Atlético Paranaense, Fortaleza e Palmeiras. Os dois últimos são os campeões de 2018 da Série B e Série A, respectivamente. Ainda não há definição de como serão feitas as transmissões na TV paga dos jogos entre os clubes que possuem contrato com a Turner e os que negociaram com a Globosat (um clássico entre Corinthians X Palmeiras, por exemplo). O que a Turner consegue garantir até o momento são 42 transmissões ao vivo dos jogos disputados entre os clubes com os quais possui acordo.

Na TV aberta, a situação do Brasileirão segue da mesma forma: a Globo é a detentora exclusiva do torneio nacional e exibirá os jogos às quartas-feiras e domingos. Já o pay-per-view está relacionado a outro direito de transmissão, negociados separadamente por cada um dos clubes.

Além do Brasileirão – cujos direitos de transmissão são da programadora até 2024 – a Turner também aposta no futebol europeu como trunfo de sua grade. A Champions League e Nations League também estão garantidas na grade dos canais. “Usaremos a expertise conquistada com as transmissões da Champions para levar a melhor cobertura do Brasileirão aos assinantes”, concluiu Barreto.

(Crédito: Bárbara Sacchitiello)