Marca brasileira sustentáveis participa de desfiles de NY 2019

nyc-fashion

Desde o final de 2017, VOLTA ATELIER (@voltaatelier) faz parte de um coletivo de novos designers no Soho, em NY, chamado Flying Solo (@flyingsolonyc). O coletivo de marcas independentes abrange designers de diversos países e direções criativas e seus desfiles fazem parte do calendário oficial do NYFW. Entre as marcas brasileiras do coletivo, além da VOLTA ATELIER estão Paula Torres, os designers de joias Mauro Pina e Silvia D’Avila, as marcas UNDERTOP e V.King Man.

Nesta temporada do New York Fashion Week Spring Summer 2020, VOLTA ATELIER desfila nos dois shows da Flying Solo colaborando com três designers, são eles: Hiromi Hasai- roupas masculinas de tecidos de quimono japonês, Camouflage – marca jovem street style com sede na Coréia do Sul e Marina Micanovic – estilista sérvia, trabalha uma linguagem alfaiataria festa mais experimental. VOLTA ATELIER empresta sua visão de moda no universo dos acessórios para compor a imagem dos shows.

Entre as peças VOLTA ATELIER que serão apresentadas nesta edição, estão as alças feitas com malhas de contas. Tais itens foram produzidos em parceria com a ONG ProReis de Nova Lima-MG, que presta auxílio a mulheres vítimas de violência doméstica e também a ex presidiárias.

A VOLTA ATELIER surgiu a partir do projeto de sourcing feito na China pela designer. Fernanda testemunhou as consequências alarmantes do fast fashion e o impacto do acúmulo de resíduos da indústria de acessórios. Assim, a startup foi concebida com o objetivo de produzir acessórios utilizando 100% de couro descartado por essa indústria.

Assim como o upcycling, desde o início a produção de cunho social era o foco da empresa. Em parceria com o Centro de Atendimento ao Migrante, de Caxias do Sul, foram treinadas refugiadas haitianas para fazer a produção das bolsas. O processo respeita o tempo e o cuidado necessários para a produção artesanal. As artesãs recebem kits de costura e podem trabalhar em casa, enquanto estão com suas famílias, obtendo uma fonte de renda.

Através do trabalho de uma distribuidora, a VOLTA ATELIER está agora presente em mais de 15 lojas nos Estados Unidos e também em Porto Rico. Atualmente está presente na plataforma de moda da Amazon Brasil, que é atualmente seu canal exclusivo de vendas em território nacional.

A VOLTA ATELIER foi selecionada pelo Green Product Award 2019, premiação que acontece na Alemanha (Berlim) e que homenageia os melhores produtos e serviços inovadores e sustentáveis no mercado internacional.

Sobre Fernanda Daudt

Designer de acessórios e consultora de moda, Fernanda é a fundadora da startup VOLTA ATELIER. Em seus mais de 15 anos de experiência no mercado, participou de projetos conceituais como Referências Brasileiras, da Assintecal, e Mix by Brazil, o Instituto by Brasil.

Foi, também, responsável pela articulação e organização da primeira vinda ao Brasil de Karen van Goedsenhoven, curadora do Museu de Moda da Antuérpia, Bélgica, que fez uma série de palestras sobre a construção da identidade nacional.

Uma das tônicas do trabalho de Fernanda foi a utilização de elementos de produção artesanal na confecção de acessórios e componentes, sendo que apresentou o painel “Designing the Development” no 3º Global Creative Industries Conference na Universidade de Hong Kong, em 2017

Por uiara andrade