O que fazer faltando menos de 60 dias para o ENEM

O que fazer faltando menos de 60 dias para o ENEM

O ENEM está chegando e para muita gente isso significa menos tempo para estudar todo o conteúdo. Faltam menos de 60 dias para a primeira aplicação das provas, com datas marcadas para 03 e 07 de novembro e, afinal, ainda dá tempo de estudar?

Roberto Pupim Dalpino, da Dalpino Educacional, acredita que sim. “Agora não é hora de desespero. Nessa reta final, é importante estudar de maneira estratégica para conseguir um bom resultado no exame”, afirma.

Por se tratar de uma prova extensa, de longa duração (são 180 questões e mais de dez horas de prova) e com um conteúdo abrangente (são cobradas todas as matérias do Ensino Médio), espera-se que o aluno esteja se preparando há algum tempo. “É preciso ser realista. É muita coisa para estudar e em dois meses é impossível passar integralmente por todo o conteúdo. Por isso, agora é hora de o aluno focar nas disciplinas que ele domina para garantir uma boa pontuação nas matérias que ele já sabe”.

Por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e do ProUni (Programa Universidade para Todos), o ENEM é a porta de entrada para diversas universidades brasileiras e instituições portuguesas. Além disso, o exame possibilita o financiamento e apoio estudantil através do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil).

Como mais de seis milhões de pessoas estão inscritas para a edição deste ano a disputa de vagas será bem alta e cada ponto fará toda a diferença.

Por isso, Dalpino separou algumas dicas sobre como se preparar nessa reta final para ir bem nas provas e garantir de vez uma vaga no ensino superior.

Disciplina: esse é o momento de levar a sério seu cronograma de estudos e o ideal é que ele esteja adaptado ao tempo que falta para a prova. Otimize sua rotina para que nenhum conteúdo seja deixado para trás.

Lembre-se: é melhor garantir pontos naquilo que você tem mais facilidade do que ficar quebrando a cabeça com o que é mais difícil. O tempo é precioso nesses meses finais.

Resumos: o hábito de escrever o conteúdo aprendido é um método praticamente infalível para compreender a matéria. Faça resumos das partes mais importantes daquilo que você estudou, isso ajuda muito para memorizar as informações.

Simulados: faça questões das provas anteriores e, se possível, tente imitar a situação que você encontrará na prova. Tente realizar todas as questões dentro do tempo determinado, assim já é possível controlar os minutos necessários para cada questão e não ter nenhuma surpresa na hora do exame. Outra dica importante é começar a prova pelo que você tem mais facilidade: assim você já elimina diversas questões e fica com mais tempo para realizar aquelas que são mais difíceis.

Acompanhe as notícias: essa dica é fundamental principalmente para a redação porque, geralmente, são cobrados assuntos relacionados a questões culturais, sociais e políticas da atualidade. Por isso, fique antenado para acontecimentos recentes do Brasil e do mundo. O conhecimento de mundo é tão importante quanto saber a teoria!

Cuide de você: ter seriedade com os estudos é importante, mas lembre-se que o ENEM é a maratona dos vestibulares, e o cansaço físico e mental pode comprometer o desempenho na hora da prova. Tire um tempo para ficar com a família e os amigos e faça atividades que lhe tragam prazer. Além disso, tenha uma alimentação saudável e reserve uma hora do seu dia para fazer alguma atividade física, tudo isso contribui para se sair bem nos dias das provas.

Apesar de ser uma prova extensa, complexa e muito cansativa, o aluno que tiver foco e determinação consegue passar com sucesso pelos dois dias de ENEM para garantir a tão esperada vaga na universidade.

Serviço

ENEM 2019

03 novembro: Aplicação das provas de Linguagens, Códigos e suas

Tecnologias, Redação, Ciências Humanas e suas Tecnologias.

10 novembro: Aplicação das Provas de Ciências da Natureza e suas

Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias.

Para mais informações sobre a prova, acesse: https://enem.inep.gov.br/

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Veja os últimos posts