Primeira vez em uma prova de corrida? Veja os cuidados necessários

122
Primeira vez em uma prova de corrida? Veja os cuidados necessários

Participar pela primeira vez de uma prova de corrida de rua pode gerar dúvidas de como manter o fôlego e não prejudicar a saúde durante o percurso. A cardiologista infantil e médica do esporte do Hospital Edmundo Vasconcelos, Silvana Vertematti, esclarece os pontos mais importantes para realizar uma boa competição:

Antes de qualquer coisa, avaliação médica:

Não basta fazer a inscrição e sair correndo quando for dada a largada. É importante passar por uma avaliação do cardiologista, a fim de saber como anda a saúde do coração. Alguns fatores como doenças genéticas, hipertensão, diabetes e colesterol podem ser gatilhos para consequências sérias, como a morte súbita.

Moderação é a palavra-chave:

Sem o preparo adequado e uma avaliação médica, exagerar no ritmo não é indicado, segundo a especialista. A intensidade deve ser de leve a no máximo moderada, evitando desgaste extremo. Silvana Vertematti aconselha caminhar acompanhado e conversar durante o percurso, desta forma é possível limitar a intensidade do exercício e não colocar em risco o sistema cardiovascular.

Nada de intercalar corrida e caminhada:

Sem fôlego suficiente para correr todo o percurso, a dica é, então, andar. A médica do esporte lembra que para os iniciantes é importante manter uma forma de exercício contínuo.

Hidratar durante a prova está liberado:

A hidratação é um dos pontos mais importantes na atividade e para evitar situações como enjoo, câimbras e mal- estar durante a prova, a especialista ressalta que é importante beber água antes, durante e depois, impedindo o exagero de ingestão em um só período.

Atenção aos sinais do corpo:

Falta de ar, tontura e sensação de desmaio indicam que algo não está bem. Com esses sintomas, a recomendação é procurar o médico. Silvana Vertematti alerta que mesmo que os indícios passem durante a prova é importante uma avaliação do especialista, pois a morte súbita relacionada ao exercício pode ocorrer dentro de um período de até 24 horas.

Câimbra não é falta de potássio:

A médica explica que as câimbras surgem quando não há um preparo adequado para o exercício e isso envolve treinamento físico e alimentar. Caracteriza-se por um erro metabólico e , às vezes, por uma elevação de ácido no sangue.

Ninguém está livre das dores musculares:

O incômodo é inerente ao esporte, mas para amenizá-lo, a dica é hidratação, alimentação e alongamentos antes, pois assim há uma melhora no metabolismo das fibras musculares e na circulação.