Programa de liderança feminina alcança três mil mulheres em workshops

Programa de liderança feminina alcança três mil mulheres em workshops

Pioneira no Brasil, a ELAS desenvolveu um programa capaz de despertar a autoconfiança e o autoconhecimento na mulher

Aluna ELAS

De acordo com dados da última pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a realidade do mercado de trabalho para profissionais do gênero feminino ainda é desproporcional. O estudo aponta que a participação da mulher em cargos gerencias no país é de apenas 39,1%. Com a missão de mudar esse cenário e contribuir para a formação de mulheres que desejam assumir posições de destaque na sociedade e no ambiente corporativo, Carine Roos e Amanda Gomes fundaram a primeira escola de liderança feminina do Brasil, a ELAS.

Só neste ano, a organização impactou mais de três mil mulheres com workshops e palestras e certificou cerca de 180 no Programa ELAS, treinamento carro-chefe da empresa, focado em desenvolver competências socioemocionais das mulheres e com três meses de duração. Para comemorar essa conquista, a Escola realizará, no dia 13 de dezembro, quinta-feira, uma confraternização entre alunas, parceiros e convidados.

Batizado “Quando elas se juntam”, o evento acontece no Spaces Berrini, das 18h às 21h, e busca promover maior networking entre as participantes para o fortalecimento de parcerias e geração de oportunidades. “Será uma programação especial para fechar o ano com chave de ouro, em que faremos também uma condução em formato de meditação para inspirá-las a iniciar o ano com o pé direito e dar as boas-vindas a 2019 com mais foco, realização e leveza”, conta Carine.

A ELAS

A Escola oferece mentorias, workshops, palestras, cursos e o Programa ELAS, sua formação mais completa e intensa. São 54 horas de imersão, distribuídas em três módulos, em que mulheres trabalham o autoconhecimento, forças e fraquezas e técnicas de negociação e de influência, alinhados aos Sete Princípios do Empoderamento das Mulheres nas Empresas, defendidos pela ONU. O objetivo é tornar as participantes mais seguras, confiantes, autossuficientes e empoderadas.

Sobre a ELAS:

Criado em agosto de 2017 e alinhado aos Sete Princípios do Empoderamento das Mulheres nas empresas defendidos pela ONU, a ELAS (Exercendo Liderança com Assertividade e Sabedoria) é a primeira Escola de Liderança e Desenvolvimento voltada para mulheres que buscam assumir posições de destaque nas empresas ou na sociedade. Além de oferecer workshops, palestras e mentorias, a Escola se destaca por um curso exclusivo chamado Programa ELAS, sendo a formação mais completa e intensa da Escola de Liderança.

A Escola nasceu para promover mudanças rápidas e concretas na vida das pessoas e nos resultados das empresas, tendo como missão ser referência no desenvolvimento de mulheres no Brasil. A ELAS respeita a essência e o talento de cada aluna, garantindo uma medição do desempenho e da evolução pessoal promovido pelo treinamento.

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts