Três passos para projetar um quarto que “cresça” junto com seu filho

Três passos para projetar um quarto que “cresça” junto com seu filho

Quando se tem um bebê é muito comum ficar encantado com todas as opções de móveis e decorações que o mercado oferece. Minicamas em formato de carro ou princesa, por exemplo, são muito atraentes, mas são peças que em pouco tempo tornam-se ultrapassadas e terão que ser substituídas devido ao crescimento dos pequenos.

Essas mudanças, além de cansativas, podem custar caro.

A arquiteta Vanessa Ribeiro Alves da Quatrinno vai ajudar nossos leitores a escolher tipos de móveis adequados para esta fase.

Confira abaixo três dicas para compor um quarto moderno e atemporal:

Opte por móveis de dupla função

BicamaOs móveis com dupla função são ótimas opções levando-se em consideração que durante o passar do tempo o quarto de bebê irá evoluir para um quarto de criança e, posteriormente, um quarto de adolescente.

Na foto abaixo, o berço se transforma em uma cama com bicama, que pode acomodar os amigos que venham dormir em casa na “fase criança” e na “fase adolescente”.

Produtos neutros

Invista em um piso prático e de fácil limpeza, pois assim poderá ser mantido por muito tempo. Paredes em cores neutras e aconchegantes também evitam repinturas ao decorrer do tempo, assim como móveis com acabamentos simples e clássicos.

Aposte em acessórios

AcessoriosNão é porque o foco é neutralidade que o quarto do seu filho precisa ser sem graça. Os acessórios são ótimas opções, pois além de serem mais baratos, mudam a “cara” do quarto de acordo com a fase de crescimento da criança.

Peças como almofadas, quadros, móbiles, brinquedos e roupas de cama conferem personalidade ao ambiente.

 

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Veja os últimos posts