Quando se trata de repolho roxo, mais é melhor

Quando se trata de repolho roxo, mais é melhor

Quando se trata de repolho roxo, mais é melhor

Cientistas do Agricultural Research Service USA (ARS), identificaram 36 antocianinas no repolho roxo, incluindo oito que nunca haviam sido detectadas.

O pigmento roxo da vegetal chamada antocianina faz parte de um grupo de compostos saudáveis da classe dos flavonoides.

Segundo a nutricionista Adriana Stavro, evidências sugerem que as antocianinas fornecem proteção contra o câncer, melhoram a função cerebral e promovem a saúde do coração.

Um estudo anterior da ARS mostrou que algumas antocianinas presente no vegetal produzem o dobro do poder antioxidante da mesma quantidade de vitamina C.

Receita

Repolho roxo com maça verde, nozes e edamame

Ingredientes:

– 1/2 repolho roxo médio (400 g) fatiado finamente
– 1 maça verde cortada em cubos pequenos com casca
– Suco de 2 limão
– 200 g de nozes ou amêndoas ou sementes
– 1 cebola roxa cortada finamente
– 1 cenoura média ralada
– 1 colher de café de sal
– Pimenta do reino moída na hora a gosto
– Salsinha e cebolinha picadas a gosto
– 200 g de feijão de edamame cozidos e sem casca
– 2 colheres de sopa de azeite

Preparo:

Coloque o repolho em uma saladeira, junte a maçã, a cebola, a cenoura, o edamame, o sal, regue com o limão e o azeite. Mexa delicadamente, cubra com plástico filme e leve para a geladeira por 1 hora. Retira do refrigerador e acrescente a salsinha a cebolinha, a pimenta do reino e mexa novamente. Coloque as nozes por cima e sirva imediatamente.

*Por Adriana Stavro – Nutricionista Funcional e Fitoterapeuta
Especialista em Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT) pelo Hospital Israelita Albert Einstein – Mestranda do Nascimento a Adolescência pelo Centro Universitário São Camilo

https://m.polishop.vc/novafamilia/

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts

Antifrágil

Antifrágil. Vivemos no mundo VUCA com quatro características: volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade. Você já deve ter observado que tudo mudou e a essa altura

Continuar Lendo »