Raios solares oferecem benefícios à saúde, mas podem ser prejudiciais

Raios solares oferecem benefícios à saúde, mas podem ser prejudiciais

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, o uso do protetor solar deve ser diário mesmo em dias sem sol

Muito se fala da importância da hidratação e do uso diário do filtro solar, porém ainda são poucos os que seguem as orientações no cuidado com a pele. Embora a radiação solar proporcione a formação da vitamina D – muito importante para os ossos –, ela pode ser danosa quando há exposição ao sol excessiva ou sem nenhuma barreira protetora, e medidas simples podem evitar o envelhecimento precoce.

Quando o cuidado é diário, os benefícios são inúmeros e podem ser visivelmente identificados. Segundo a Drª Flávia Addor, dermatologista titulada pela sociedade brasileira de dermatologia, “a fotoproteção auxilia na prevenção ao envelhecimento precoce, ao ressecamento e a oleosidade excessivas, além de prevenir manchas e até mesmo o câncer da pele. O retoque a cada duas horas é essencial, quando houver exposição solar direta. É fundamental não se esquecer de proteger também o corpo, além do rosto e de outros locais específicos que estão em contato constante com o sol, como as mãos, o colo e os braços.”

Mesmo que ocorra a diminuição da incidência dos raios UVB e UVA nos dias mais frios, eles continuam penetrando na pele, podendo causar problemas como lesões, envelhecimento, perda da elasticidade, manchas e rugas finas. Além disso, a proteção solar deve ser feita mesmo para quem passa a maior parte do dia em ambiente fechado. Segundo a Drª Flávia, “a incidência de raios UVA e UVB no inverno e em dias nublados são menores do que num dia ensolarado, mas ainda estão presentes; já na neve, a reflexão dos raios solares aumenta muito o risco de queimaduras.

A escolha correta do hidratante e do filtro solar também faz diferença. Para cada tipo de pele, existe uma indicação. A seca ou desidratada requer filtros solares com ação hidratante. Já as mulheres jovens, com pele mista ou oleosa, podem usar fotoprotetores que hidratem e controlem a oleosidade. Para as mais maduras e sensíveis, existem produtos solares com alto poder de hidratação e proteção.

E muitas das opções disponíveis no mercado são multifuncionais, ou seja, oferecem alta proteção contra os raios UVA e UVB, resistência à água e ao suor, fácil aderência na pele devido ao seu desempenho cosmético, melhorando a hidratação e prevenindo o fotoenvelhecimento. “A escolha do produto mais indicado é muito importante, mas para potencializar a proteção é preciso reaplicar o filtro solar a cada duas horas na exposição direta e evitar o sol entre dez da manhã e quatro da tarde”, completa a especialista.

Por Libbs Farmacêutica

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts