Como iniciar uma atividade física, diante do sedentarismo?

181

Uma das palavras mais comentadas nos últimos anos é sedentarismo, que significa falta, ausência ou diminuição de atividades físicas, que faz com que a pessoa tenha um gasto calórico reduzido.

Um levantamento feito pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) revelou que apenas três, em cada dez brasileiros na idade adulta, praticam atividades físicas e esportivas com regularidade. Este dado traz uma realidade preocupante: o sedentarismo atinge 70% da população brasileira.

Além disso, o estudou revelou que os homens praticam atividade física 28% a mais do que as mulheres e que, pessoas com maior renda, têm mais acesso às práticas esportivas.

Consequências

Entre os problemas mais graves pela falta de atividade física estão o acumulo de gordura na região da barriga, aumento do colesterol, doenças cardiovasculares (risco de AVC ou infarto), aumento do risco de Diabetes do tipo 2, dor nas articulações, falta de força muscular e perda da flexibilidade articular.

Solução

Porém, para quem é sedentário, há uma solução: introdução de pequenos hábitos mais saudáveis na rotina diária, conforme orienta a personal trainer, Iva Bittencourt. “Para quem é muito sedentário comece com pequenos hábitos diários como subir e descer escadas, andar do trabalho até o metrô, ir até a padaria caminhando, levar o cachorro para passear, ir à feira andando e caminhar nos finais de semana.”, orienta.

Segundo a especialista, estas mudanças vão reduzir o sedentarismo e garantir mais mobilidade e saúde. “Quando levadas a sério, podem ajudar a pessoa a emagrecer pois, para manter este ritmo de esforço, vai precisar usar as reservas adiposas (gordura), que vai conduzir ao emagrecimento, se aliado ao controle alimentar. E, o próximo passo, é a inclusão da atividade física mais direcionada, como dança, pilates ou natação”, diz.

Fazer o que gosta é uma saída

Um ponto importante é a pessoa sedentária buscar uma atividade com a qual ela se identifique e goste, como caminhada, corrida, bicicleta, yoga, entre outras. O mais importante é se organizar e persistir na modalidade escolhida. “O que vai fazer a diferença é a persistência, ou seja não desistir na primeira dificuldade. Não marcar outros compromissos nos dias da aula e se manter determinado no seu objetivo é fundamental. Comece com duas vezes na semana e aumente no terceiro mês para quatro vezes, até que faça todos os dias, pelo menos meia hora”, finaliza Iva.

Sistema de treino para iniciantes

A personal trainer ofereceu um breve sistema de treinos para iniciantes de 30 minutos no primeiro mês, com 2 vezes na semana.

1• semana: corra 1 minuto e ande 4 minutos

2• Semana: corra 2 minutos e ande 3 minutos

3• semana: corra 3 minutos e ande 2 minutos

4• semana: corra 4 minutos e ande 1 minuto.

5• semana: inverta o sistema e aumente o tempo para 45 minuto, em 4 vezes por semana