Silêncio, hoje precisamos de mais silêncio

silêncio

Silêncio, hoje precisamos de mais silêncio

Silêncio, hoje precisamos de mais silêncio. A vida às vezes parece que dá uma acelerada inútil, uma correria sem fim, de um lado para o outro, cruzando a cidade em reuniões nem sempre bem sucedidas, muito barulho, tanta gente falando ao mesmo tempo, com prazos que precisam ser cumpridos, perguntas que aguardam respostas rápidas…

É tanta coisa ao mesmo tempo que você sente que está  perdendo o controle da sua agenda, da sua vida.

Então, finalmente o dia termina e você volta para o aconchego do seu lar. Sabe o que faço? Fico quietinha, preciso de um tempo para respirar profundamente, colocar os pensamentos em ordem, desacelerar, descansar.

Aproveito para rever como foi o dia e ultimamente tenho pensado também nas coisas que falei, nas palavras que usei e confesso que às vezes fico descontente com a avaliação.

O problema é que uma vez jogada no mundo, as frases e palavras não podem ser apagadas nem corrigidas, por isso é preciso pensar muito antes de falar, ser prudente.

Sem dúvida nenhuma às vezes o silêncio é a melhor resposta, já aprendi que quando estou nervosa é melhor ficar sem falar, me trancar num quarto e contar até 1 milhão, essa atitude pode salvar relações comerciais, amizades, casamentos e até questões diplomáticas.

Passamos por momentos difíceis no mundo, pisamos em ovos e precisamos ser cuidadosos para não criar intrigas, fofocas e guerras desnecessárias.

Você já deve ter visto pessoas que ficaram sem se falar por causa de mal entendidos, é a história do telefone sem fio que vai passando a mensagem conforme o que deduziu… numa dinâmica de grupo fica engraçado mas na vida real vira uma catástrofe.

Por isso é bom checar as fontes, confirmar o que ouviu e evitar passar notícias ou informações sem procedência, é assim que as fake news se disseminam, é dessa forma que querendo ajudar você posta a foto de uma criança desaparecida que já foi encontrada há anos, é assim que repassamos notícias falsas que se transformam numa bola de neve.

Hoje precisamos de  mais silêncio, mais reflexão e introspecção.

“Penso noventa e nove vezes e nada descubro; deixo de pensar, mergulho em profundo silêncio – e eis que a verdade se revela.” Albert Einstein

“Da árvore do silêncio pende seu fruto, a paz.” Arthur Schopenhauer

Por Lilian schiavo

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts