Tecnologia permite o retorno às atividades e evita o contágio da Covid-19

Tecnologia permite o retorno às atividades e evita o contágio da Covid-19

Tecnologia permite o retorno às atividades e evita o contágio da Covid-19

Diversas cidades brasileiras estão voltando com atividades importantes para retomada da economia como volta às aulas, rotina dos escritórios e academias de ginásticas. Diante desse novo normal, causado pelo coronavírus, os estabelecimentos terão que seguir protocolos que os obrigam a reduzir a capacidade de atendimento para evitar aglomerações e controlar o fluxo de pessoas.

Por ser tão complexa a situação, o uso da tecnologia se tornou fundamental para manter o distanciamento e evitar contatos físicos. Neste novo cenário, a DIMEP criou novas soluções para proteger todos desde a entrada no local até o seu retorno para casa. 

Entre as tecnologias oferecidas pela DIMEP estão o Temp Scan e o Detector de Metal com Medidor de Temperatura que são ideais para o controle em locais de grande circulação de pessoas como aeroportos e entrada de supermercados, para tentar localizar um possível novo foco da doença.

Com essas tecnologias é possível realizar a medição da temperatura corporal de forma automática, rápida e segura (sem contato) e podem ser integradas a um sistema completo de controle de acesso (catracas) para permitir ou bloquear o acesso. 

Outros equipamentos desenvolvidos pela DIMEP que são voltados para maior segurança e praticidade no controle de acesso de pessoas são: Face Access II e Face Access S, que oferecem mais segurança no controle de acesso sem contato físico por reconhecimento facial; o Face Access MT, que é um leitor facial com detector de temperatura e máscara; a BAP Autônoma, uma catraca de acesso que limita o número máximo de pessoas dentro do estabelecimento; e as Catracas Smart Gate e Mini Gate, que também contam com reconhecimento facial e abertura automática, sem qualquer contato físico com o usuário. 

A DIMEP também lançou recentemente o Totem Sensor de Temperatura e Dispenser de Álcool Gel, uma tecnologia que garante mais segurança e higiene para clientes e colaboradores, pois não exige o contato com outras pessoas, garantindo praticidade no acesso e mais segurança aos estabelecimentos.

O Sensor de Temperatura é um termômetro inteligente e uma forma de substituir o tradicional termômetro manual que é utilizado até os dias de hoje. Ele traz uma forma mais prática de se medir a temperatura humana sem precisar encostar nas pessoas, podendo também ser utilizado em diversos locais como shoppings, mercados, escritórios, hospitais, escolas, etc.

 “As catracas com abertura automática e leitura facial são perfeitas para qualquer situação, mas com o avanço da pandemia covid-19 o controle de acesso sem contato físico se torna essencial não somente para hospitais, mas para todos os ambientes que precisam ter o controle do fluxo de pessoas e evitar aglomerações, pois não exige contato direto das mãos. Além disso, a tecnologia pode ser configurada de diversas maneiras, detectando a temperatura corporal e o uso de máscara, permitindo a entrada somente de quem for autorizado, com uma rápida liberação”, finaliza Rodrigo Pimenta, Vice-Presidente da DIMEP. 

Cuidando dos profissionais da saúde 

Visando a segurança de todos e dos profissionais da saúde que estão na linha de frente dessa luta, a DIMEP, líder no mercado em soluções completas para acesso e gestão de jornada de trabalho, doou catracas com a tecnologia de leitura QR Code para a SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, que estão sendo usadas no Hospital de Campanha do Anhembi, em SP. 

As catracas são do modelo Bap Fancy, desenvolvida para atender às mais exigentes necessidades de controle de acesso e que faz parte de uma linha que possui diversos modelos de tecnologias de reconhecimento além do QR Code, como biometria facial, leitura de cartão de proximidade entre outros.

Elas tem integração nativa com o software de acesso DIMEP, garantindo que somente pessoas autorizadas tenham acesso a ambientes restritos, e dentro do limite de pessoas pré-estabelecido. Atingido este limite, para que uma pessoa entre, outra deverá sair. 

No caso do Hospital de Campanha do Anhembi, a tecnologia usada é a de QR Code. Além da doação de catracas a DIMEP forneceu 1.250 cartões para controlar o acesso dos profissionais de saúde que lá atuam e onde estão enfrentando bravamente os desafios da pandemia. 

*Fonte: DIMEP

https://m.polishop.vc/novafamilia/

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts