Terapia guiada, uma nova realidade para a sociedade

Terapia guiada, uma nova realidade para a sociedade

Terapia guiada, uma nova realidade para a sociedade

Terapia guiada, uma nova realidade para a sociedade. Segundo estudo realizado pelo Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), no Brasil os casos de depressão praticamente dobraram desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o novo coronavírus como pandemia.

Entre março e abril, o percentual de pessoas com depressão saltou de 4,2% para 8,0%, enquanto para os quadros de ansiedade o índice foi de 8,7% para 14,9%.

Diante desse cenário, a terapia guiada pode ser uma alternativa com melhor custo benefício para prevenir que novos casos surjam. Alguns aplicativos disponíveis no mercado podem auxiliar no processo de autocuidado emocional e autoconhecimento, realizando uma autoavaliação com as principais características de comportamento existentes pelos usuários.

A partir daí, é possível montar um programa com sessões que ajudam a superar os mais variados quadros emocionais como o estresse, melhorar a autoestima, insegurança, ânimo e foco.

Além disso, esses apps ainda permitem fazer testes periódicos para acompanhar seu estado emocional e ver sua evolução, bem como sessões guiadas de meditação, um diário emocional para anotar seus bons e maus momentos e refletir sobre o que aprendeu durante o dia.

A terapia guiada pode ser conduzida por meio de áudio, vídeo e texto para tranquilizar o usuário, melhorar a sua autoestima e aumentar sua produtividade podendo ser acessada a qualquer momento e local. Nesse momento que temos vivido, cuidar da saúde mental se torna imprescindível e a terapia guiada já se consolida como uma ferramenta essencial em uma sociedade que adoece cada dia mais.

Os dados de pesquisa no Brasil demonstram que mais de 80% das pessoas com problemas emocionais e transtornos mentais nunca recebem ajuda especializada, muitas vezes por enfrentarem questões de privacidade, custo, acesso a profissionais ou preconceito.

Quero deixar claro aqui que esse modelo de terapia não anula a importância do papel de profissionais especializados no tratamento psicológico e mental. Porém, ela pode ser a porta de entrada e acesso a especialistas, mostrando de fato que não há o que temer em cuidar da sua mente, quebrando assim uma barreira utópica existente em nossa sociedade. Além disso, muitas pessoas têm se beneficiado de combinar a terapia guiada por aplicativo com a terapia com profissionais.

Portanto, procure cuidar da sua mente para não fazer parte dessas estatísticas mencionadas. Permita que a terapia guiada te leve em uma imersão onde, ao final do dia, você mesmo poderá ser seu próprio terapeuta e ter mais leveza em seu corpo físico e mental.

*Por Diogo Lara – médico psiquiatra, PhD em neurociências, psicoterapeuta, ex-Professor titular e pesquisador da PUCRS, e CEO e fundador do Cíngulo, aplicativo de terapia guiada que ajuda no autocuidado emocional das pessoas

https://m.polishop.vc/novafamilia/

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts

Espelho Mágico

“Espelho, espelho meu existe alguém mais bonita(o) do que eu?” O espelho encantado não foi colocado em uma prateleira vazia, mas se esconde dentro de

Continuar Lendo »