Uma Viagem a um Mundo Mágico e Livre nas Férias!

52

O Brincando no Pé é um centro cultural para crianças, que oferece um ambiente de troca e aprendizado, sempre repleto de significado.

Para as férias de julho, a proposta do espaço é proporcionar momentos com muitos brinquedos, objetos e espaços para a criança escolher o que deseja fazer.

Grama, brinquedos, faz de conta, movimento, músicas, corda, pular elástico, construção com sucata, castelo de areia, misturas e melecas, vampiro, vampirão e muitas outras brincadeiras prometem agitar as férias de inverno.

A Recreação do Brincando no Pé acontecerá de 02 a 27 de julho, de segunda a sexta, em dois horários: das 9h às 13h ou das 14h às 18h, além do integral, podendo ser contratado desde o período avulso até o mensal:

Idealizado por Suely Bloch, o Brincando no Pé contextualiza sua bagagem pedagógica em atividades que ensinam e enriquecem crianças e adultos, em um espaço aberto, sem regras, que se modifica o tempo todo, como a natureza. Lá, tudo pode. Desde que se transforme em uma divertida brincadeira.

IMPORTANTE

  • Crianças menores de 3 anos precisam estar acompanhadas de um adulto! Para aqueles que não puderem acompanhar, pedimos que entre em contato por telefone!
  • Pedimos que venham com roupas bem confortáveis, para brincarmos sem problemas. Pedimos também que tragam uma muda de roupa extra para trocar, caso seja necessário.
  • Brincando no Pé oferece um lanchinho por 10 reais. O lanche contém: uma fruta, um suco e mais um acompanhamento (sanduíche, polvilho, milho, pão de queijo ou bolo). Caso prefira trazer de casa, também pode. Pedimos somente que seja na mesma linha saudável da casa.
  • Para quem quiser almoçar o Brincando no Pé oferecerá uma comidinha gostosa por 17 reais. O almoço contém: arroz, feijão, carne ou frango, legumes, saladinha, suco natural e uma sobremesa!

Brincando no Pé
Rua Pedroso de Camargo, 319 – Chácara Santo Antônio, São Paulo–SP
Telefone: (11) 99364.6887
www.brincandonope.com.br
www.facebook.com.br/brincandonope
@brincandonope