Unesco lança Biblioteca Digital Mundial com materiais em mais de 50 idiomas

Unesco lança Biblioteca Digital Mundial com materiais em mais de 50 idiomas

Uma iniciativa da Unesco e de mais 32 instituições deu origem a um dos maiores acervos culturais do mundo virtual: a Biblioteca Digital Mundial.

Ela reúne, em um só domínio, mapas, textos, fotos, gravações e filmes de todos os tempos, provenientes de mais de 200 instituições do mundo todo.

As explicações estão em sete línguas -árabe, chinês, inglês, francês, russo, espanhol e português-, mas há documentos em mais de 50 idiomas.

Entre as relíquias online, estão o Hyakumanto darani, documento em japonês publicado no ano de 764 e considerado o primeiro texto impresso da história; um relato dos astecas que constitui a primeira menção do Menino Jesus no Novo Mundo e trabalhos de cientistas árabes desvendando o mistério da álgebra.

LEIA MAIS: 5 erros de quem tenta aprender matemática e não consegue

Do Brasil, há antigas fotos latino-americanas da Biblioteca Nacional.
Também estão lá a Declaração de Independência dos Estados Unidos, o original das “Fábulas” de La Fontaine e pinturas rupestres africanas que datam de 8.000 A .C. e a célebre Bíblia do Diabo, do século XIII, da Biblioteca Nacional da Suécia.

O acesso é gratuito e não há necessidade de registro de usuário. A busca pode ser feita por época, zona geográfica, tipo de documento e instituição. O sistema propõe as explicações em sete idiomas (árabe, chinês, inglês, francês, russo, espanhol e português), embora os originas existam na sua língua original.

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts