Vai viajar? Saiba como gastar pouco e se divertir

porquinho-oculos-praia-viagem-economica

Querer viajar, muitos querem, mas será que nesse momento caberia uma viagem no seu orçamento? Algumas questões têm que ser pensadas para programar a tão sonhada viagem familiar. O educador e terapeuta financeiro, Reinaldo Domingos dá algumas dicas para não errar na hora de planejar a viagem em família.

A primeira coisa a se fazer é uma análise da situação financeira da família. Após essa verificação, escolher um destino no qual o valor não vá comprometer seu orçamento. O ideal é que a viagem seja planejada com muita antecedência principalmente para efetuar o pagamento e não viajar devendo a maioria das parcelas. Caso isso não seja possível, tente pelo menos quitar tudo próximo da data da viagem, pois assim o valor que estiverem em mãos para viajar fica somente para os passeios e demais despesas. E se conseguir fazer o pagamento à vista, será perfeito!

Uma das coisas mais importantes nas viagens é que toda a família participe desde o planejamento. Elas intendem muito mais do que podemos imaginar e se for bem explicado, elas ajudarão a cumprir o planejamento. Só fique atento se a viagem for para fora do país, pois além da conversão da moeda há cobrança de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para compras feitas no cartão de crédito ou o pré-pago.

Além dos custos com da viagem, outro fator de suma importância é a atenção com os gastos extras. É uma lembrancinha aqui, outra ali, cada passeio requer uma grana para gastar no pagamento do mesmo e também na alimentação. Saídas noturnas também fazem os turistas se esquecerem de quanto podem gastar. Lembre-se de construir um roteiro que se adeque a sua realidade financeira é a saída neste momento, principalmente no caso de crianças.

Não é preciso viajar para se divertir com a família

A grana está curta e não vai ser possível fazer aquela viagem? Não se desespere. Na cidade há muitos lugares legais que podem ser visitados em família e não custarão caro. Visitas ao teatro, cinemas, parques de diversão, zoológico são ótimas opções e a criançada sempre se diverte muito, além de gastar pouco. Mais algumas opções:

– E que tal acampar em família? Há várias opções de campings tanto nas cidades grandes como no interior com valores bem em conta. Além de poder usufruir da natureza, o aprendizado desse tipo de passeio é uma ótima lição para os pequenos.

– E se o encontro em família fosse num pesqueiro? Mais uma opção diferente e que não custa muito e está disponível tanto para a cidade grande quanto para o interior.

– Parques aquáticos também são um dos passeios mais divertidos e baratos para essa época de férias. Além de ter várias opções para crianças e adultos, lá você não precisa sair para poder gastar com alimentação.

Mas lembre-se do mais importe: passeios que gastam muito ou pouco, esse gasto deve ser calculado sempre. Pode ser que você esteja no vermelho e aí não é hora de gastar!