WhatsApp Business API: ferramenta que revolucionará atendimento ao consumidor

52

WhatsApp Business API: a ferramenta que revolucionará o atendimento ao consumidor é cada vez mais procurada.
Wavy explica o motivo do salto nesse mercado e quais são as empresas que procuram por esse tipo de serviço no Brasil

Lançada nacionalmente em agosto, a nova ferramenta WhatsApp Business API foi considerada uma revolução na comunicação entre empresas e seus clientes. Desde então, a Wavy, empresa do Grupo Movile que reúne mensageria, conteúdo e outros negócios com operadoras de telefonia móvel e TVs, contabilizou uma grande procura pela ferramenta.

Apesar de estar disponível há cerca de quatro meses para as empresas, a Wavy já está bastante avançada em seus projetos do segmento,- uma vez que foi uma das seis primeiras companhias no mundo a ter acesso a essa tecnologia. Cases como iFood, Ingresso Rápido, PlayKids, Caixa Econômica Federal e Webmotors já provam que a ferramenta é extremamente eficaz.

“Percebemos que as empresas que são inovadoras e que já passam por um processo de transformação digital, em que o consumidor é colocado no centro de suas decisões, são as que mais investem no WhatsApp Business API e, além disso, são as que se beneficiam mais rápido dessa nova ferramenta”, afirma o diretor executivo da Wavy, Eduardo Henrique.

Desde que a API foi lançada ao mercado, já são mais de milhões de mensagens trocadas por empresas e seus consumidores. A procura é para a utilização em diversos departamentos, entretanto, os especialistas da Wavy apontam usos mais bem sucedidos em áreas como: atendimento ao cliente, customer experience e financeiro. “Temos visto as verticais de banco, varejo e cosméticos investindo mais na solução. Acreditamos que por se tratarem de empresas com alto volume de clientes, elas querem se comunicar e estar presentes nesse canal”, reforça.

O grande interesse das empresas é em agilizar os processos de comunicação, entretanto, o Brasil apresenta um cenário pouco maduro e ainda inexplorado. O maior uso do WhatsApp Business API hoje é com relação ao atendimento e solução de problemas corriqueiros, como envio de segunda via de boletos, informações sobre produtos, tracking de pedidos e até recebimento de documentos. Ou seja, são demandas que antes eram resolvidas por atendimento humano no call center e hoje passam pela triagem das assistentes virtuais, sendo que por volta de 80% são já solucionadas pelos robôs, deixando ao atendimento humano as questões mais estratégicas de relacionamento.

“A tecnologia mais procurada é a de assistentes virtuais conversacionais. Entretanto, nossa experiência mostra que as assistentes em formato de URA (Unidade de Resposta Audível), que são aquelas com menu para respostas, resolvem 80% do que seria passado para um call center, o que prova a eficácia dessa tecnologia. Além disso, é preciso levar em consideração que essas assistentes conseguem responder os clientes de forma automática 24 horas por dia, aumentando consideravelmente a satisfação do consumidor”, explica o executivo.

Segundo o Diretor da Wavy, o mercado está aquecido e há um longo caminho a ser trilhado com relação ao uso do WhatsApp Business API. Ele garante ainda que a tecnologia tem muito potencial para melhorar o desempenho das empresas a curto e longo prazo.

Sobre a Wavy

A Wavy é uma empresa do grupo Movile que reúne mensageria, conteúdo e outros negócios com operadoras de telefonia móvel e TVs. Dividida em três áreas (parcerias, educação e ChatClub), é líder na América Latina e um dos maiores players globais do segmento, com receita anual média de US$ 100 milhões, 100 milhões de usuários ativos e 400 empresas parceiras. Entre seus clientes, além de mais de 40 operadoras móveis, estão Disney, Microsoft, Google, Facebook, WhatsApp, Natura, SBT, Bradesco e Amazon.