Sobreviventes

Sobreviventes

Sobreviventes

Sobreviventes. Mais um dia se iniciava e aquele Homem incomum e obstinado  mais uma vez se levantava a duras penas, acordado pelos gritos e pancadas dos carrascos sem coração vestidos de soldados.

Seus ossos rugiam, assim como seu estômago clamava por atenção. Dor profunda do corpo que a cada dia mais inerte, o ameaçava em abandoná-lo… à deriva… naquele inferno de Dante com pijamas listrados…

Mas apesar do farrapo humano que havia se tornado, mesmo tendo sido desprovido de todos os seus maiores alicerces  profissionais, familiares, ou afetivos, mesmo após ser-lhe retirado tudo o que minimamente um homem necessita para sobreviver, e roubada sua dignidade.

Algo único e especial  que ele pôde esconder dentro de si, não foi  alcançado pelo seifador… e erai o que lhe manteve vivo….

Aquele  pobre e aparentemente condenado, ser a vagar por um campo da morte  sem fim, soube enganá-la, porque encontrou dentro de si um sentido maior para a sua vida, mesmo tendo perdido completamente tudo…

Aquele ser de alma jovem a desafiava diariamente, guardando em seu bolso sempre um pedaço de pão para aqueles que ameaçavam  sucumbir pelo caminho, derramando sobre suas bocas gotas homeopáticas de esperança.

Mas não eram só com restos de alimento que os mantinham vivos… também as nutria com seu sorriso otimista e radiante e olhar acolhedor…. De sua boca saiam histórias maravilhosas de superação  que eram contadas para todos em suas beliches, após mais um dia tenebroso de trabalho árduo e desumano, devolvendo-lhes  a força vital necessária para que continuassem lutando.

E para as crianças reservava suas melhores fantasias, fazendo-as acreditar que logo estariam num lugar maravilhoso, junto às suas queridas famílias, onde suas infâncias seriam resgatadas, como se estivessem a caça de um tesouro escondido.

Sim, Ele as salvou da própria morte, porque lhes devolveu um sentido para suas vidas. Uma verdadeira identidade espiritual. Suas almas flamejavam, brilhando como nunca, apesar de seus corpos latejantes.

E mais do que nunca, e mais do que ninguém, Ele permaneceu vivo porque foi salvo por aqueles todos que ressuscitou do leito de morte.

Seu espírito continua ainda hoje, e para sempre,  disponível  e fiel em cada um de nós que continuamos a acreditar nele…. mesmo e apesar de ainda termos  de conviver com a dor eventual e a adversidade passageira …. Ele  é nossa última chama que se apaga…

*Por Ronald Guttmann

https://m.polishop.vc/novafamilia/

COMUNIDADE DE COLUNISTAS

Para saber mais sobre o colunista da matéria, clique aqui.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Veja os últimos posts

Espelho Mágico

“Espelho, espelho meu existe alguém mais bonita(o) do que eu?” O espelho encantado não foi colocado em uma prateleira vazia, mas se esconde dentro de

Continuar Lendo »